Irreligiosos

Se você não sabe, aceita e não questiona, embota-se e acaba virando crente.

Entendendo o conceito de "Aleatoriedade" na Teoria da Evolução das Espécies.

Tentando "desenhar", para cristãos e religiosos, de um modo geral, o conceito de "aleatoriedade" em Evolução. . . 
.
A "aleatoriedade" não é de 100%. . . Está mais para uma "Flexibilidade aleatória". . . Dou um exemplo figurativo: Um coqueiro bem alto. . . Ele pode ser relativamente balançado pelo vento em qualquer direção aleatória, mesmo, e se manterá como coqueiro, reproduzindo suas sementes (cocos), enquanto sua raiz estiver presa ao chão e, enquanto o vento não for tão forte a ponto de derrubá-lo. . . 
.
Com as mutações genéticas, guardando-se as devidas proporções, é a mesma coisa. . . A "aleatoriedade", devido a fatores internos ou externos, químicos ou físicos, no momento exato em que um cromossoma estiver se duplicando, NÃO É DE 100%, mas pode, perfeitamente, ser de 0,00000001%, digamos, o suficiente, para produzir, ao longo de milhares de anos, algumas pequenas mutações genéticas escalares e periféricas, DE FATO, DE FATO, DE FATO, ALEATÓRIAS, MAS, MAS, PORÉM, TODAVIA, CONTUDO, DENTRO DESSA PEQUENA FAIXA, suportável de, digamos, um "vento biológico", batendo no nosso "coqueiro-DNA". . . Isso dentro das condições oferecidas pelo meio ambiente, NO MOMENTO EXATO DE SUA DUPLICAÇÃO. . . Esse é o primeiro fator determinante da Evolução.
.
A duplicação do DNA, produz, apenas, possíveis e eventuais "CANDIDATOS" À UMA "VAGA" NA CADEIA EVOLUTIVA. . . 
.
As intempéries oferecidas pelo meio ambiente, são o segundo fator determinante para a Evolução: Elas é que vão determinar se aquele possível "CANDIDATO", em particular, SERÁ APROVADO e apto a continuar se reproduzindo, ou não, SEJA COMO INDIVÍDUO, FAMÍLIA OU SEJA COMO ESPÉCIE.
.
Cada novo indivíduo, ao nascer, querendo ou não, acreditando ou não, mas, tem de passar, obrigatoriamente, por esses dois crivos evolucionários, para poder fazer parte da cadeia evolucionária geral.
.
As diversas espécies que temos no planeta, são, consequentemente, o RESULTADO GERAL E POSSÍVEL, desses, digamos "TESTES NATURAIS" oferecidos À VIDA, a cada instante, pelas condições ambientais, ao longo do tempo, . . . COMO UM TODO. . . 
.
A vida, portando, em si, é assim, um fenômeno único, como um GRANDE RIO escorrendo, se esgueirando, se desviando e fazendo suas curvas, do jeito que pode, POR TODO O PLANETA. . . Espero ter ajudado.

Exibições: 53

Responder esta

Sobre

Badge

Carregando...

Leia Isto!

Traduzir para/Translate to:


Visualizações

contador de visitas online

Se esta é a sua 1ª visita ou se passou por aqui, mas não quis comentar nem publicar nada, assine o nosso livro de visitas!

Irreligiosos.ning.com website reputation

Recados Rápidos

 

 

Links Indicados

Sites da Rede DDD: . . . . . . .Logo Rede DDD Acessar links dos sites Baú do Inexplicado Outros:
visit Skeptic.com

Sociedade Racionalista

ComunidadeO Outro Lado das ReligiõesBULE VOADORInternet Infidels Visitar o Observatório

GeraLinks

Badges do Irreligiosos

Nosso badge no seu blog:

Link o Irreligiosos


(Clique aqui para saber como!)


Enquete Jesus Cristo


Sua opinião sobre Jesus Cristo:
Acesse o post de apoio;

----------------
Acesse a nossa página PESQ para responder à enquete.

 


Notícias Cristãs

Atenção: As notícias aqui divulgadas não são nossas recomendações e são veiculadas apenas para informar os últimos acontecimentos e eventos do cristianismo.

(Se a exibição falhar, não é culpa nossa e sim do Widget. Não se preocupem, elas voltam depois)

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias

Grupos

Principais Colaboradores

Abaixo, destacamos (em ordem alfabética) a 4ª lista dos nossos  mais eminentes e constantes colaboradores:

  • Alfredo Bernacchi
  • Assis Utsch
  • Carlos Dosivan
  • Divina J. Scarpim
  • Erijosé Oliveira
  • Gilberto Vieira
  • Jorge O. Almeida
  • Luísa L.
  • Márcia Zaros
  • Marilda Oliveira
  • Oiced Mocam
  • Paulo Luiz  
  • Paulo Rosas 
  • Rafael Rocha
  • Sergio M. Rangel

© 2017   Criado por Ivo S. G. Reis.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço