Irreligiosos

Se você não sabe, aceita e não questiona, embota-se e acaba virando crente.

Muito se vem comentando na igreja católica, sobre a canonização do Padre Cícero. O que acham?

NA: Comprovando (como dissemos) que os irreligiosos não se preocupam apenas em "discutir religião" mas que, antes de tudo, são pessoas politicamente antenadas e preocupadas com o bem-estar geral da humanidade, trazemos para discussão o artigo que nos enviou o membro Paulo Rosas Moreira, de autoria da nossa colega Marilda Oliveira, e publicado em seu blog "Mudança e Divergência".

O artigo, intitulado "Padre Cícero, o Cangaço e os Coronéis", é de natureza histórica e mostra as facetas não conhecidas desse falso ícone católico, que querem tornar santo mas que, de santo, não tem nada. Na verdade, foi um conspiracionista oligarca que, apoiado pelo povo que manobrava e enganava, ascendeu a altos cargos políticos e fez fortuna no nordeste.

Assim se pronuncia Marilda, a respeito da visão que tem do Padre Cícero:  "[...] Coitados daqueles povos que confiaram em um padre que não soube doutrinar o pobre povo inocente do nordeste que nele confiou, e desgraças e pobrezas ganhou".

Leiam o artigo completo no link abaixo e deixem suas opiniões!

http://mudancaedivergencia.blogspot.com.br/2013/06/padre-cicero-o-c...

Exibições: 328

Responder esta

Respostas a este tópico

Se o padim Ciçu virar santo, então o Lula também pode virar, pois ele é adorado pelo povo do nordeste. Arrumar dois milagres comprovados? Isso é moleza porque milagres se fabricam conforme as necessidades e oportunidades. Se for um "falso milagre" dirão que não é e pronto (rs,rs,rs,rs). 

Se Madre Teresa (uma bandida) pode ser santa, por que não Padre Cícero (outro). Não duvidem, não duvidem!

Irreligiosos - 2

Caríssimo Paulo:

                        Respondi a este seu artigo; porém ele deve ter ultrapassado o limite de espaço, ou ter sido considerado inconveniente pela administração, e não consigo postá-lo.

Abçs;

                        Antídio

Antídio:

Você deve ter cometido algum equívoco, pois nada foi considerado inconveniente pela Administração. Normalmente, comentários de até 5 parágrafos são aceitos sem restrições. Às vezes, quando o comentário é muito extenso e excede a uma página A4, acontece de eles serem limitados na extensão (automação do sistema), mas, neste caso, aparece um aviso antes. Se nenhum aviso apareceu, provavelmente o equívoco foi seu.

Tente outra vez, copiando o comentário e colando-o aqui.

Abraços!

Antídio Santos Pereira Teixeira disse:

Caríssimo Paulo:

                        Respondi a este seu artigo; porém ele deve ter ultrapassado o limite de espaço, ou ter sido considerado inconveniente pela administração, e não consigo postá-lo.

Abçs;

                        Antídio



Ivo S. G. Reis disse:

Ivo:

    Obrigado pela intercessão. Porquê aqui colou e antes não? - Aguardarei a presença de alguém que possa explicar-me para que eu possa corrigir o erro..

Abçs Fraternos.

                        Antídio

Corpo da mensagem

Caríssimo Paulo e Outros:

                                        As canonizações, beatificações, santificações são ritos de uma religião que nada tem a ver conosco que adotamos espontaneamente sermos Irreligiosos. É um problema deles; e  suas opiniões são inamovíveis por estarem sedimentadas desde suas formações morais e culturais. Esta e tantas outras religiões tiveram papel importante na evolução dos povos; nas coordenações sociais e ocupações individuais em atividades construtivas que nos deixaram um legado de obras e de conhecimentos que até hoje servem de base, tanto para a ciência,  assim como dos comportamentos sociais de cada povo, inclusive o nosso. É o mesmo que está se preocupando em observar e censurar os estilos de vida dos vizinhos e nada fazermos em prol de nós próprios. Que legado deixaremos para os que ficam? Enquanto perdemos tempo nestas atividades inócuas, esquecemo-nos que precisamos debater um ponto de vista mais profundo e comum a todos, ou seja: O que é ser Irreligioso? Que regras de pensamento e de conduta que devemos adotar para seguirmos, e que novos caminhos abriremos para as gerações que nos seguem? - Esta e tantas outras questões mais importantes devem ser levantadas e discutidas neste "Fórum". É o que entendo. Desculpem-me pela sinceridade, mas ela é essencial para o desenvolvimento de uma verdade realista e evolucionista.

                                       Cordiais abraços para todos.

                                                                                  Antídio

Antídio:

Você deve ter cometido algum equívoco, pois nada foi considerado inconveniente pela Administração. Normalmente, comentários de até 5 parágrafos são aceitos sem restrições. Às vezes, quando o comentário é muito extenso e excede a uma página A4, acontece de eles serem limitados na extensão (automação do sistema), mas, neste caso, aparece um aviso antes. Se nenhum aviso apareceu, provavelmente o equívoco foi seu.

Tente outra vez, copiando o comentário e colando-o aqui.

Abraços!

Antídio Santos Pereira Teixeira disse:

Caríssimo Paulo:

                        Respondi a este seu artigo; porém ele deve ter ultrapassado o limite de espaço, ou ter sido considerado inconveniente pela administração, e não consigo postá-lo.

Abçs;

                        Antídio

Caríssimos Ivo, Marilda e Outros Irreligiosos:

                                                                     Li boa parte do artigo "Padre Cícero, o Cangaço e os Coronéis, não concluindo a leitura por dificuldade visual. Toda esta história, e tantas outras, são minhas velhas conhecidas por ter iniciado minha vida ainda dentro do calor daqueles fatos. Nada disso me surpreende por contemplá-los de patamares mais elevados. "Todos os seres vivos que vocês podem observar, sejam eles vegetais, animais e inclusive nós, somos consequências de um processo seletivo implacável, onde os mais fracos servem os mais fortes em serviços ou como alimentos, assim como fazemos com bois e aves. Criamo-los com todo zelo, e deles obtemos confiança, segurança  e respeito com comportamentos inocentes e inconscientes, sem que saibam o destino cruel que os aguarda nos açougues e nas panelas."

Quanto ao sistema colonial, o colonialismo apenas mudou de tática: "Escraviza-se de formas menos perceptíveis com a submissão aos capitais." Hoje, não somos colônia de um só país, mas de todos aqueles que não dispõem de riquezas naturais para manter os seus "status" , mas que conseguiram ter recursos financeiros para subjugar os que dispõem de tais riquezas, mantendo-os e desassistido em saúde e educação os seus povos."

            Perdoe-me Marilda, se mostro outra faceta da história.

                                                                                                 Abçs.

                                                                                                         Antídio

Existe uma ideia estranha de que muitos avanços chegaram até nós através da Igreja. Ledo engano. A Igreja sempre combateu qualquer ideia que visasse contrariar os seus interesses, que sempre foi o de manter sob rédea curta todos os seus cordeirinhos. Aqueles que resolvessem desgarrar-se eram simplesmente mortos, para o bem de "Deus". A Humanidade ficou estacionada por um milênio porque a Igreja não podia abrir mão de seus privilégios. Buscando sempre estar à frente não de grandes ideias científicas, que nunca incentivou,mas de pensamentos retrógrados que teima ainda em ressuscitar, não é de admirar que vez por outra aquela instituição encontre uma "muleta" onde se apoiar para continuar praticando seus atos com o objetivo único de ludibriar as pessoas de boa índole que ainda não acordaram para a realidade. Assim, toda a sua influência é canalizada para seres obtusos tais como a madre de Calcutá ou o tal padreco brasileiro. Eu proporia uma sugestão: vamos também fazer um milagre? A gente inventa qualquer coisa, "documenta" com os recursos que a tecnologia nos oferece e depois mostra a Verdade. Lembrem-se que aquela história da mãe do cara de Nazaré, que nunca existiu, não iria hoje para a frente porque o exame de DNA comprovaria a farsa, a começar pela dificuldade de comparar o de um pombo com o de uma pessoa. Aliás, desde quando pombo pode ter relações com pessoas? E dar fruto, se são de espécies diferentes? Por isso, mantendo a minha ideia, podemos realizar um milagre (como se faz no cinema, na melhor das hipóteses, ou nas igrejas, na pior) e depois desmascarar todos esses espertalhões!! Aliás, Albino Forjaz Sampaio já realizou qualquer coisa nesse sentido, fazendo santas nos altares chorar lágrimas de sangue!! E aí, vamos fazer????

Caríssimo Jorge:

                        Respeito a sua fulgurante inteligência, mas, entendo que ela está sendo usada em tema pouco ou nada produtivo, uma vez que, as mensagens postadas neste ning são lidas exclusivamente por Irreligiosos; portanto, pessoas que já entenderam, e abominam as pregações e comportamentos cruéis adotados tanto pela igreja católica, que é o que se discute, assim como tantas outras religiões e mesmo governos. Contemplar e criticar este negro passado, nada modificará o presente para se definir novos e melhores caminhos para os que nos seguem.

                        Reafirmando minha admiração por sua pessoa, subscrevo-me atenciosamente.

                                                                                                                                                   Antídio

Ok, companheiro, também acho que essas discussões que aqui temos não levam a nada, porque aqui ninguém vai convencer ninguém de coisa nenhuma. Aqui todos já estamos convencidos da Verdade. O que me levou a fazer aqueles comentários foi o fato de eu haver lido qualquer coisa dentro daquele sentido que interpretei, que também achei no mínimo estranho. Certamente o interpretei mal. Quanto à minha "fulgurante inteligência", não sei bem em que sentido foi utilizado o comentário, mas é a primeira vez que o ouço, de forma que preciso apreendê-lo melhor, degustá-lo melhor, procurar entender o que você em sucintas palavras quis dizer. É estranho que eu seja bastante inteligente (pelo que pude apreender) e no entanto, logo na segunda linha, você me espinafre dizendo que o que o que escrevi é uma merda. É claro que você não disse nessas palavras, mesmo porque posso concluir que seja uma pessoa culta e educada. Quanto ao mais, tudo bem. Não vou ficar aborrecido com você por isso, nem me sinto constrangido com os seus comentários. Acho que cada um tem que dizer o que pensa e posso mesmo dizer que você não está errado ao fazê-lo. Já passei do tempo em que tinha que conviver cercado de gente hipócrita. Também sou assim: simples e direto. Lamento ter de conhecê-lo apenas pelas letras frias de nossos diálogos virtuais. Se pudéssemos conhecer-nos melhor, certamente teríamos muitas coisas para nos dizer. Também o admiro bastante pela lucidez de seus comentários.

Esteja certo: não tenho duas caras. Escrevo o que penso. Não escrevo nas entrelinhas!!

Um grande abraço, Jorge.

Antídio !

Eu pensei que você estivesse fazendo um,a gozação.... rsrsrs.



Ivo S. G. Reis disse:

Antídio:

Você deve ter cometido algum equívoco, pois nada foi considerado inconveniente pela Administração. Normalmente, comentários de até 5 parágrafos são aceitos sem restrições. Às vezes, quando o comentário é muito extenso e excede a uma página A4, acontece de eles serem limitados na extensão (automação do sistema), mas, neste caso, aparece um aviso antes. Se nenhum aviso apareceu, provavelmente o equívoco foi seu.

Tente outra vez, copiando o comentário e colando-o aqui.

Abraços!

Antídio Santos Pereira Teixeira disse:

Caríssimo Paulo:

                        Respondi a este seu artigo; porém ele deve ter ultrapassado o limite de espaço, ou ter sido considerado inconveniente pela administração, e não consigo postá-lo.

Abçs;

                        Antídio

Antídio !

Meu caro, compreendo sua intenção, mas pense um pouco a respeito de sua interpretação, que sei, tem boas intenções nela embutidas.

Sem o perceber o amigo está sendo egoísta e excludente, ao achar que não temos nada com o que a igreja faz em nosso meio, sim, porque ainda que sejamos ateus, nós fazemos parte da mesma sociedade. 

Nós temos consciência do que representou e representa a igreja em todas as sociedades, ela, digo, os homens que a compuseram no passado,em especial, e os atuais, nos deram uma herança inestimável, nas artes, na cultura em geral e especialmente na música.

Contudo no interesse de sua sociedade, os homens que a compõem, são especialistas na divulgação das mentiras de sua religião, levando o medo aos que arrebanham como cordeiros submissos a quem chamam de fiéis, aproveitando-se dessa servidão irracional, para apoiar governos e a explora-los através da contribuição do dízimo entre outras formas de recolher o vil metal, transformando seus templos em ambientes suntuosos, ofuscando seus fiéis,com o fausto das suas vestes e da ornamentação dos templos.

A guerra está estabelecida no mundo pelas religiões, que distinguem os seres humanos, em crentes e não crentes e em razão disto a discordância e animosidade tola, infeliz e desnecessária por causa de mentiras.

Claro que as guerras não são só religiosas, o homem é um animal ganancioso, e alguns são mais atrevidos.

Aproveitando a dúvida posta em suas palavras, buscamos abrir novos caminhos para as gerações futuras, mas para isso, precisamos impedir que nos impeçam e é justamente o que fazemos abrindo alas ao combater as falacias e as estórias religiosas com vigor, diante da grandiosidade do mentiroso, que está afanando mentes,que poderiam e podem estar ao lado da racionalidade, sem medo. Nós somos includentes.

Nós pretendemos ser católicos no sentido real da palavra, que a luz da verdade, ilumine a todos nós pobres seres humanos, incluindo igreja e seus fiéis.

Saudações irreligiosas.

Antídio Santos Pereira Teixeira disse:



Ivo S. G. Reis disse:

Ivo:

    Obrigado pela intercessão. Porquê aqui colou e antes não? - Aguardarei a presença de alguém que possa explicar-me para que eu possa corrigir o erro..

Abçs Fraternos.

                        Antídio

Corpo da mensagem

Caríssimo Paulo e Outros:

                                        As canonizações, beatificações, santificações são ritos de uma religião que nada tem a ver conosco que adotamos espontaneamente sermos Irreligiosos. É um problema deles; e  suas opiniões são inamovíveis por estarem sedimentadas desde suas formações morais e culturais. Esta e tantas outras religiões tiveram papel importante na evolução dos povos; nas coordenações sociais e ocupações individuais em atividades construtivas que nos deixaram um legado de obras e de conhecimentos que até hoje servem de base, tanto para a ciência,  assim como dos comportamentos sociais de cada povo, inclusive o nosso. É o mesmo que está se preocupando em observar e censurar os estilos de vida dos vizinhos e nada fazermos em prol de nós próprios. Que legado deixaremos para os que ficam? Enquanto perdemos tempo nestas atividades inócuas, esquecemo-nos que precisamos debater um ponto de vista mais profundo e comum a todos, ou seja: O que é ser Irreligioso? Que regras de pensamento e de conduta que devemos adotar para seguirmos, e que novos caminhos abriremos para as gerações que nos seguem? - Esta e tantas outras questões mais importantes devem ser levantadas e discutidas neste "Fórum". É o que entendo. Desculpem-me pela sinceridade, mas ela é essencial para o desenvolvimento de uma verdade realista e evolucionista.

                                       Cordiais abraços para todos.

                                                                                  Antídio

Antídio:

Você deve ter cometido algum equívoco, pois nada foi considerado inconveniente pela Administração. Normalmente, comentários de até 5 parágrafos são aceitos sem restrições. Às vezes, quando o comentário é muito extenso e excede a uma página A4, acontece de eles serem limitados na extensão (automação do sistema), mas, neste caso, aparece um aviso antes. Se nenhum aviso apareceu, provavelmente o equívoco foi seu.

Tente outra vez, copiando o comentário e colando-o aqui.

Abraços!

Antídio Santos Pereira Teixeira disse:

Caríssimo Paulo:

                        Respondi a este seu artigo; porém ele deve ter ultrapassado o limite de espaço, ou ter sido considerado inconveniente pela administração, e não consigo postá-lo.

Abçs;

                        Antídio

Antídio !

Essa matéria entre outras o Irreligiosos, consente em compartilhar no Facebook, e possui uma página por lá, se você não sabe. Se cada um de nós compartilhar, a matéria será lida por muita gente, eu tenho minha página, com mais de 1,470 e assim outros de nossos companheiros. Desta forma a realidade poderá ser diferente.

Antídio Santos Pereira Teixeira disse:

Caríssimo Jorge:

                        Respeito a sua fulgurante inteligência, mas, entendo que ela está sendo usada em tema pouco ou nada produtivo, uma vez que, as mensagens postadas neste ning são lidas exclusivamente por Irreligiosos; portanto, pessoas que já entenderam, e abominam as pregações e comportamentos cruéis adotados tanto pela igreja católica, que é o que se discute, assim como tantas outras religiões e mesmo governos. Contemplar e criticar este negro passado, nada modificará o presente para se definir novos e melhores caminhos para os que nos seguem.

                        Reafirmando minha admiração por sua pessoa, subscrevo-me atenciosamente.

                                                                                                                                                   Antídio

Responder à discussão

RSS

Sobre

Badge

Carregando...

Leia Isto!

Traduzir para/Translate to:


Visualizações

contador de visitas online

Se esta é a sua 1ª visita ou se passou por aqui, mas não quis comentar nem publicar nada, assine o nosso livro de visitas!

Irreligiosos.ning.com website reputation

Recados Rápidos

 

 

Links Indicados

Sites da Rede DDD: . . . . . . .Logo Rede DDD Acessar links dos sites Baú do Inexplicado Outros:
visit Skeptic.com

Sociedade Racionalista

ComunidadeO Outro Lado das ReligiõesBULE VOADORInternet Infidels Visitar o Observatório

GeraLinks

Badges do Irreligiosos

Nosso badge no seu blog:

Link o Irreligiosos


(Clique aqui para saber como!)


Enquete Jesus Cristo


Sua opinião sobre Jesus Cristo:
Acesse o post de apoio;

----------------
Acesse a nossa página PESQ para responder à enquete.

 


Notícias Cristãs

Atenção: As notícias aqui divulgadas não são nossas recomendações e são veiculadas apenas para informar os últimos acontecimentos e eventos do cristianismo.

(Se a exibição falhar, não é culpa nossa e sim do Widget. Não se preocupem, elas voltam depois)

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias

Grupos

Principais Colaboradores

Abaixo, destacamos (em ordem alfabética) a 4ª lista dos nossos  mais eminentes e constantes colaboradores:

  • Alfredo Bernacchi
  • Assis Utsch
  • Carlos Dosivan
  • Divina J. Scarpim
  • Erijosé Oliveira
  • Gilberto Vieira
  • Jorge O. Almeida
  • Luísa L.
  • Márcia Zaros
  • Marilda Oliveira
  • Oiced Mocam
  • Paulo Luiz  
  • Paulo Rosas 
  • Rafael Rocha
  • Sergio M. Rangel

© 2017   Criado por Ivo S. G. Reis.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço