Irreligiosos

Se você não sabe, aceita e não questiona, embota-se e acaba virando crente.

NA: Esta discussão foi proposta por um membro cristão, que ainda nutre uma tênue esperança de que os Evangelhos, escoimados de algumas falhas, possam ser relatos confiáveis. Não faz, pois, muito sentido para os verdadeiros irreligiosos que sabem, por estudo, que o personagem central do NT e suas histórias, o chamado "Cristo da Fé", aquele descrito nos Evangelhos, é um mito, inserido num contexto geográfico real (exceto a cidade de Nazaré), misturado a alguns personagens reais, como Herodes, João Batista, Pilatos e outros. Isto não consegue ser assimilado pelos cristãos, que não conseguem ficar só com o seu Cristo ideal, mas querem transformá-lo em real, assim como a Igreja. Quem sabe o autor do tópico possui alguns argumentos que desconhecemos?

Eis a discussão, nos termos em que foi colocada:

--------------------------------------------------------------------

Muitos afirmam que os textos dos evangelhos foram corrompidos e alterados pela Igreja Católica Romana para encaixar a seus interesses. Será isto uma verdade? Que evidencias históricas existem para provar tal verdade?

Neste tópico, convido aqueles que querem discutir o assunto a viajarmos pela história desde o começo do cristianismo fundado por Jesus e seus discípulos, depois com os tempos apostólicos, as cartas de Paulo até chegarmos à fundação da ICAR.

O intuito aqui é trazer provas históricos de que o Novo Testamento e as cartas de Paulo foram adulteradas pela igreja católica como alegam os críticos.

Podemos confiar no Novo Testamento?

Enfim, vamos ao debate!

 

Exibições: 3453

Responder esta

Respostas a este tópico

Estes pontos a considerar são teorias criadas pelos pesquisadores céticos que todos sabem com certeza que nada foi provado. Sendo assim o cristianismo de Jesus de Nazaré começou conforme o novo testamento afirma. Jesus nasceu no primeiro século dando origem ao cristianismo que até o final do primeiro século todos os livros do novo testamento já estavam em circulação pelas igrejas cristãs.

O debate aqui parte da questão em saber se o novo testamento foi modificado pela igreja católica.

Se alguém não concorda com a história contada pelo novo testamento que tragam as provas para desmentir.

Estou no aguardo.
 
Oiced Mocam disse: Pontos controversos a serem examinados:

  • Semelhança com mitos religiosos pagãos, antes do cristianismo;
  • O domínio e influência dos gregos antes do século I d.C
  • Os deuses gregos, romanos e egípcios
  • João Batista e o batismo de Cristo
  • Jesus de Nazaré x Jesus Cristo
  • Cristo antes de Cristo
  • O personagem Paulo, considerado "o pai do Cristianismo"
  • Historiadores do Século I
  • O Testimonium Flavianum
  • Nero e o Incêndio de Roma
  • Eusébio, o bispo de Cesaréia
  • Os cristãos primitivos e as seitas existentes entre os séculos I a.C e 4 d.C
  • Os "irmãos de Jesus"
  • A trindade "Pai, Filho e Espírito Santo", inventada e introduzida arbitrariamente pela Igreja
  • Os Imperadores César, Constantino e Teodósio
  • O personagem Pilatos e os registros das execuções romanas
  • As línguas e dialetos ao tempo do pretenso Cristo e os originais dos Evangelhos
  • Os verdadeiros autores dos Evangelhos (alguém sabe?)
  • A Cidade de Nazaré (existia mesmo ao tempo de Cristo?)
  • Os 12 apóstolos e o 13º apóstolo (Paulo)
  • Os milagres, a crucificação e a ressureição de Jesus
  • O paganismo romano
  • A possibilidade da origem grega do cristianismo

Paro por aqui porque, os que pesquisam, sabem quais os pontos fundamentais a considerar. Os pontos destacados servem apenas como lembrete de questões importantes a serem examinadas nessas discussões, com destaques para os negritados, sem menosprezar os demais.

A discussão está colocada. Vou transferir para cá os últimos comentários dos debatedores Ivani Medina, Oiced Mocam, Assis Utsch e do representante da ala crente, o colega Erijosé. Daí pra frente a discussão é pública, ou seja, aberta a todos quantos possam se interessar. Mas, por favor, não fujam do tema, como aconteceu na discussão anterior (Ateus possuem alguma proposta para tornar o mundo melhor?), onde excelentes comentários ficaram perdidos, fora do tema ao qual deveriam se ligar.

Bom debate!

Ivo S. G. Reis

--------------

Saudações,

Oiced Mocam

Quem acompanhou ao debate sabe muito bem que ninguém trouxe as provas de que o cristianismo não surgiu no primeiro século. Quando coloquei o texto de Flávio Josefo sobre a pregação de João batista levando a mensagem de arrependimento aos judeus pela realização do batismo, um tal de (IM) disse que eu estava de má fé, porque estava acrescentado o tema ao relato do evangelista Lucas.

Pelo contrário: Lucas é que afirmou algo que Flávio Josefo também afirmava.

Esta é uma das maiores provas que o cristianismo surgiu no primeiro século.
 
Oiced Mocam disse:

Prezados, esse assunto já foi amplamente discutido no Link abaixo. De minha parte Erijosé, acho que não mereces a atenção e meu tempo devida, para este tema "requentado".

Origens do cristianismo: dos pré-cristãos, aos cristãos primitivos, aos pós-apostólicos, aos Evangelhos e à instituição da versão oficial

Vou transferir para cá os últimos comentários dos debatedores Ivani Medina, Oiced Mocam, Assis Utsch e do representante da ala crente, o colega Erijosé. Daí pra frente a discussão é pública, ou seja, aberta a todos quantos possam se interessar. Mas, por favor, não fujam do tema, como aconteceu na discussão anterior (Ateus possuem alguma proposta para tornar o mundo melhor?), onde excelentes comentários ficaram perdidos, fora do tema ao qual deveriam se ligar.

Bom debate!

Ivo S. G. Reis

--------------

Saudações,

Oiced Mocam

Uma pergunta que eu fiz e ninguém me respondeu:

Se o Império romano tinha o poder de falsificar os documentos históricos, pois tudo pertencia a ele, porque não adulteraram muitos mais coisas a respeito da existência de Jesus?

Se existem poucos relatos é porque a intenção não era de fraudar nada. concordam?

 

Lembrete: Suas questões também já foram refutadas aqui. Para quem está chegando agora, segue outro Link, não citado anteriormente, sobre os assuntos abaixo. Nenhum fato novo e quer convencer-nos da existência do jóquei de jegue, apenas com os evangelhos e suposições. Assim, a discussão se tornou estéril, não levando a nada. Mas você insiste.
 
Abaixo 37 páginas do link acima, algumas abordando suas questões!
AS ORIGENS DO CRISTIANISMO
Quem escreveu os Evangelhos?”
Perseguições em Roma ao paganismo pelos imperadores antes de Constantino
MOTIVAÇÕES PARA PRODUZIR FRAUDES
ANTIGAS FRAUDES CRISTÃS:
Que fonte bíblica temos sobre Jesus?
O batismo de Jesus por João Baptista é só uma pseudoepigrafia
O mito de Cristo (também conhecida como teoria ou mito de Jesus)
A fraude de São Paulo.
Os Evangelhos não foram escritos pelos apóstolos.

A BASE PARA A ALEGAÇÃO CRISTÃ: (Ou como roubaram literalmente a figura do judaísmo)

  1. O Jesus histórico, o homem que teria vivido na palestina, liderado um movimento de revisão dentro do judaísmo e sobre o qual praticamente não há registros confiáveis, fora os Evangelhos;
  2. O Jesus teológico, que os diferentes concílios cristãos definiram por decreto nos dogmas da divindade e da trindade, passando a considerar heréticas outras leituras do texto bíblico;
  3. O Jesus dos evangélicos e fundamentalistas cristãos em geral, uma entidade definida principalmente por "experiências pessoais" de religiosidade ou de espiritualidade, como geralmente são chamadas pelos crentes em questão.
JESUS EXISTIU? Demolindo o Mito
A lista é muito longa...revise seus arquivos, e pare de "encher linguiça"!
 
Lembrete:
 
COMO ACREDITAR EM TAMANHOS ABSURDOS?
Conforme Richard Dawkins , em DEUS UM DELÍRIO:

"No tempo dos ancestrais, um homem nasceu do ventre de uma mãe virgem, sem nenhum pai biológico envolvido.

O mesmo homem sem pai clamou um amigo chamado Lázaro, que estava morto havia tempo bastante para cheirar mal, e Lázaro imediatamente voltou à vida.

O próprio homem sem pai voltou à vida depois de ficar três dias morto e enterrado.

Quarenta dias depois, o homem sem pai subiu ao topo de uma montanha e depois desapareceu no céu.

Se você murmurar coisas dentro da sua cabeça, o homem sem pai, e seu “pai” (que também é ele mesmo), ouvirá seus pensamentos e pode tomar providências em relação a elas. Ele é capaz de ouvir simultaneamente os pensamentos de todas as pessoas do mundo.

Se Você faz alguma coisa ruim, ou alguma coisa boa, o mesmo homem sem pai tudo vê, mesmo que ninguém mais veja. Você pode ser recompensado ou punido, inclusive depois de sua morte.

A mãe virgem do homem sem pai nunca morreu, mas “foi transportada” corporeamente para o céu.

Pão e vinho, se abençoados por um padre (que precisa ter testículos), “transforma-se” no corpo e no sangue do homem sem pai. (Pessoas que são tão racionais a respeito de todo o resto, e eles acreditam que no Domingo estão bebendo o sangue de um deus de 2 mil anos. Eu não consigo... É uma dissonância na minha cabeça...)

Em resumo, pense nisso tambem:

Se a Igreja Católica, foi capaz de criar tais absurdos, o que não me admira do restante das falsificações, para criar a MAIOR MENTIRA DA HUMANIDADE!

Em que mundo Você vive e quer viver Erijosé? O Mundo da fantasia, fábulas, mitos e da ilusão?

Como você pode ser tão mau, em querer defender, propagar dogmas, doutrinas, mentiras e o cristianismo aqui no Irreligiosos?

“Para os cristãos, o problema da existência de Jesus Cristo concerne a fé e não à história”.

Fique com  seu, Zeus, digo Deus imaginário, ilusão,

Oiced Mocam

Oiced Mocam disse:

Lembrete: Suas questões também já foram refutadas aqui. Para quem está chegando agora, segue outro Link, não citado anteriormente, sobre os assuntos abaixo. Nenhum fato novo e quer convencer-nos da existência do jóquei de jegue, apenas com os evangelhos e suposições. Assim, a discussão se tornou estéril, não levando a nada. Mas você insiste.

RESPONDENDO: Para quem está chegando agora gostaria que voce fosse sincero e dissesse que foram apresentadas teorias que possam derubar aos relatos do novo testamento e que nenhuma delas foram provada.
 
Oiced perguntou: Quem escreveu os Evangelhos?”

Respondendo: Quem escreveu foram seguidores do cristianismo que conheciam aos apóstolos e outros foram os que andaram com Jesus mesmo.

Flávio Josefo quando nasceu João batista já tinha morrido, mas alguém disse para ele que o mesmo preagava batismo de arrependimento aos judeus, que fez ele escrever no seu testamento.

Oiced escreveu: A fraude de São Paulo.
Os Evangelhos não foram escritos pelos apóstolos.
 
RESPONDENDO: Então por favor me diga onde está a fraude.

 

Oiced escreveu: O Jesus histórico, o homem que teria vivido na palestina, liderado um movimento de revisão dentro do judaísmo e sobre o qual praticamente não há registros confiáveis, fora os Evangelhos;

RESPONDENDO: Então Oiced me traga provas que os evangelhos estão errados. Eu expliquei em debates em outro tópico e coloquei minha observação acima que se a intenção era fraudar o Jesus fantasma, teria um monte de fraude para não deixar dúvidas. Foi o que não aconteceu.

Vai me responder porque isto não aconteceu? Eu quero provas, verdades históricas que desminta o novo testamento. Voces estão com a faca e o queijo na mão e ninguém consegue desmentir os relatos históricos do novo testamento?

Flávio josefo diz que João batista existiu e pregava um batismo de arrependimento. Segundo Lucas ele foi o precursor de Jesus Cristo(Era o início da seita cristã). Se foi uma montagem na qual muitos afirmam que então traga as provas. Estou aguardando.

Oiced escreveu: Lembrete:

COMO ACREDITAR EM TAMANHOS ABSURDOS?
Se a Igreja Católica, foi capaz de criar tais absurdos, o que não me admira do restante das falsificações, para criar a MAIOR MENTIRA DA HUMANIDADE!Em que mundo Você vive e quer viver Erijosé? O Mundo da fantasia, fábulas, mitos e da ilusão? Como você pode ser tão mau, em querer defender, propagar dogmas, doutrinas, mentiras e o cristianismo aqui no Irreligiosos?

“Para os cristãos, o problema da existência de Jesus Cristo concerne a fé e não à história”.

Fique com  seu, Zeus, digo Deus imaginário, ilusão,

Oiced Mocam

RESPONDENDO: Oiced criações de doutrinas a partir do novo testamento não quer dizer que o novo testamento está sendo adulterado. O problema disto tudo são as interpretações. A igreja católica criou muitos dogmas que não tem nada a ver com a doutrina original dos apóstolos.
Eu perguntei e continuo sem resposta. Pergunto outra vez: Onde estão as provas que a ICAR fraudou os textos originais do novo testamento.

É isto que eu quero saber.

O NOVO TESTAMENTO FOI CONCLUÍDO E SELADO

“Amados, procurando eu escrever-vos com toda a diligência acerca da salvação  comum, tive por necessidade escrever-vos, e exortar-vos a batalhar pela fé que  uma vez foi dada aos santos”. (Judas 3) “Porque eu testifico a todo aquele que  ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma  coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; E, se  alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte  do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste  livro”. (Apocalipse 22:18-19)
O Novo Testamento foi concluído nos dias dos apóstolos e selado no capítulo  final de Apocalipse, com um solene alerta contra adições ou subtrações.
A igreja católica reinvindica que nos deu a Bíblia, mas sabemos que isto não é  verdade por duas razões entre outras, a saber:
Primeiro, as doutrinas e as praticas da igreja católica não são encontradas na  Bíblia. As igrejas descritas no Novo Testamento não são em nada parecidas com a  igreja de Roma. Esta “igreja” foi formada muitos séculos após a morte dos  apóstolos, com os falsos mestres corrompendo o Novo Testamento e adicionando  suas tradições artificiais. No Novo Testamento não encontramos o papado, nenhum  clero ao estilo de Roma, nenhum sacramento que é acrescentado a fé para a  salvação, nenhum arcebispo ou cardeal, nenhuma regeneração batismal, nenhuma  missa, nenhum batismo infantil, nenhuma extrema unção, nenhuma Maria como rainha  do céu ou mãe de Deus ou imaculada ou que tenha ascendido aos céus, nenhuma  oração aos santos, purgatório, relíquias ou água benta, crucifixos ou castiçais  ou catedrais ou ordens monásticas, nenhum celibato, nenhum dia de jejum forçado,  nenhuma proibição contra o casamento ou contra consumir alimentos, nada sobre a  igreja de Roma tendo preeminência sobre outras igrejas.
Segundo, não somente a doutrina e pratica católica não estão baseadas na Bíblia,  elas contradizem a Bíblia, portanto, não podem ser a fonte. Dogmas católicos  tais como o papado, mariolatria, adoração aos santos, sacerdócio, a missa e o  purgatório não somente não são encontrados no Novo Testamento como contradizem  claramente os ensinos e práticas do Novo Testamento. Considere os seguintes  exemplos:
O papado contradiz 1 Pe 5:1-4, entre muitas outras passagens.
Mariolatria e adoração aos santos contradiz 1 Tm 2:5. A missa contradiz 1 Cor.  11:23-26.
O purgatório contradiz 2 Co 5:1-8 e Fl 1:23.
O sacerdócio católico contradiz o Novo Testamento em que somente Cristo é um  sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque (Hb 7:21-27) e Cristo não estabeleceu  um sacerdócio para as igrejas do Novo Testamento exceto o sacerdócio de todos os  crentes (1 Pe 2:5, 9). Não há nenhum exemplo no Novo Testamento de um padre  sendo ordenado e executando o tipo de ministério que vemos na igreja católica. O  Novo Testamento fornece as qualificações para anciões e diáconos, mas não para  padres (1 Tm 3).

Achas que diante de tantos ensinos da ICAR ela não teria também poder de fraudar muitos textos para se adaptar a sua doutrina?

Porque não fez?

Porque não existiu adulteração.

Alguém pode me explicar mais esta?

Erijosé, posso até entender os seus pontos de vista. De que que a crença em Jesus, tenha modificado a sua vida. "Tudo nas religiões que coincidir com o humanismo é positivo. Todo o resto é superstição, mistificação, rituais, crendices, alienação, dogmas e doutrinas". Mas não concordo com VC muito dedicado a fé sobre  a existência do personagem  JC.

Mas, faz parte de ser honesto comigo mesmo e com VC.  As minhas conclusões para lhe fazer entender são diferentes.

Erijosé insiste e RESPONDEU:

"Então Oiced me traga provas que os evangelhos estão errados. Eu expliquei em debates em outro tópico e coloquei minha observação acima que se a intenção era fraudar o Jesus fantasma, teria um monte de fraude para não deixar dúvidas. Foi o que não aconteceu.

Vai me responder porque isto não aconteceu? Eu quero provas, verdades históricas que desminta o novo testamento. Voces estão com a faca e o queijo na mão e ninguém consegue desmentir os relatos históricos do novo testamento?

Flávio josefo diz que João batista existiu e pregava um batismo de arrependimento. Segundo Lucas ele foi o precursor de Jesus Cristo(Era o início da seita cristã). Se foi uma montagem na qual muitos afirmam que então traga as provas. Estou aguardando"..

Onde estão as provas que a ICAR fraudou os textos originais do novo testamento. É isto que eu quero saber."

EIS ALGUMAS PROVAS CONTRA O JESUS HISTÓRICO:
1)"Ora, se se prega que Cristo ressuscitou  dentre os mortos, como dizem alguns dentre vós que não há ressurreição de  mortos
E, se não há ressurreição de mortos,  também Cristo não ressuscitou.
E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã  a nossa pregação, e também é vã a vossa fé.
E assim somos também considerados como  falsas testemunhas de Deus, pois testificamos de Deus, que ressuscitou a Cristo,  ao qual, porém, não ressuscitou, se, na verdade, os mortos não ressuscitam.
Porque, se os mortos não ressuscitam,  também Cristo não ressuscitou.
E, se Cristo não ressuscitou, é vã a  vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados".
 
Matou a charada:
 
MILAGRES VÃO CONTRA A LEI DA NATUREZA.
 
MORTOS NÃO RESSUSCITAM!
 
Então, JESUS NÃO EXISTIU! ( só nas fábulas, mitologia e na obra de ficção, a biba).
 
 
2) Palavras do papa Leão X:
Quantum nobis prodeste haec fabula Christi”! (“Quanto nos é útil esta FÁBULA de Cristo!”)

3)“A fábula de Cristo é de tal modo lucrativa que seria loucura advertir os ignorantes de seu erro.”

 – Papa Leão X

4) “Não creria nos Evangelhos, se a isso não me visse obrigado pela autoridade da Igreja”.

São palavras de Santo Agostinho. Com sua cultura e inteligência, poderia hoje estar no rol dos que não crêem.

Concordo! O céu é completamente imaginário, assim como Deus e Jesus. Foi uma mentira ontem, é uma mentira hoje e continuará como uma mentira repetida mil vezes para sempre. A maior farsa de todos os tempos refutada pela história.

Sinceramente e com pouquinho de esperança,

Oiced

Mais conclusões e respostas, em:

http://livrodeusexiste.blogspot.com.br/2012/05/ii-por-que-oiced-nao...

http://livrodeusexiste.blogspot.com.br/

http://www.divinamagia.com.br/

Erijosé, eu concordo com o Oiced em relação ao debate acabar repetindo o que já foi dito no tópico aberto pelo Ivo.

Mas de qualquer maneira, vamos aos questionamentos mais comuns.

Você disse: Os críticos é que tem que provar que o que está escrito é mentira.

Este artifício é conhecido como inversão do ônus da prova.

Quando um pescador diz que pescou um peixe de dois metros de comprimento, ele tem que apresentar as provas, como fotos, filmagem, etc e não quem duvida de seu feito.

Há dois sujeitos conhecidos por Jesus, um histórico e outro mítico.

O histórico era judeu, viveu como judeu e foi condenado por crimes políticos e executado como judeu.

O Jesus histórico era analfabeto, como a maioria da população e falava aramaico,idioma da região.

Os apóstolos eram analfabetos também, talvez com exceção de Paulo, que era romano, cobrador de impostos e deveria falar grego.

Detalhando para que não reste dúvidas:

  1. O ensino da leitura era para poucos e custava muito caro, por este motivo a grande maioria da população era analfabeta, incluindo a maioria dos governantes, sejam eles governadores, imperadores, reis ou faraós;
  2. Jesus supostamente seria carpinteiro, analfabeto, falava apenas aramaico;
  3. Entre os discípulos apenas Paulo teria condições de saber ler e escrever, por conta de sua função;
  4. Os evangelhos começaram a ser escritos por volta do ano setenta da era comum, em uma época onde se casavam com quinze anos e a expectativa de vida era de trinta e cinco a quarenta anos de idade, principalmente por conta da vida difícil da região e por conta das inúmeras doenças coletivas, como cólera, tifo, peste negra, peste bubônica, leptospirose e raiva.
  5. Com exceção de Paulo, todos os discípulos falavam aramaico e talvez um ou outro arranhasse o hebraico, mas não pode-se dizer que eles dominavam o grego, idioma do NT;
  6. Judas Iscariotes foi incluído na história, durante o concílio de Niceia, para que a igreja pudesse induzir os fieis a pensarem que os judeus traíram seu messias, daí o nome judas, corruptela de judeus;
  7. Os judeus, ao contrário do que você disse acima, nunca aceitaram Jesus como messias, quem os aceitou foram os pagãos. Os judeus até hoje refutam Jesus, pois o messias é esperado para que se faça cumprir a lei de deus e jesus não o fez;
  8. De quarenta e quatro livros, escritos e depois falsamente atribuídos aos apóstolos, porque a ICAR escolheu apenas quatro?
  9. Por qual motivo foram excluídos o apocalipse de Paulo, Apocalipse de Adão, Apocalipse de Baruc, Apocalipse de Moisés, Apocalipse de Sidrac, Apocalipse de Marcos, apocalipse de Tiago, Apocalipse de João o Teólogo, Apocalipse de Paulo, Apocalipse de Pedro e o Apocalipse de Tomé?
  10. Por qual motivo foram excluídos o Livro dos Jubileus, Martírio de Isaías, Oráculos Sibilinos, Prece de Manassés, Primeiro Livro de Enoque, Primeiro Livro de Esdras, Quarto Livro dos Macabeus;
  11. O Evangelho de Bartolomeu, Evangelho de Filipe, Evangelho de Marcião, Evangelho de Maria Madalena (ou Evangelho de Maria de Betânia), Evangelho de Matias (ou Tradições de Matias), Evangelho de Nicodemos (ou Atos de Pilatos), Evangelho de Pedro, entre outros;

  12. Há várias inconsistências nos textos escolhidos e muitas lacunas, onde nem mesmo os moradores locais, que deveriam ser os seguidores originais do "Messias" não o reconheceram como tal;
  13. A grande maioria apenas aceitou o cristianismo por conta da ação militar romana, que obrigava a conversão ou matava as pessoas, queimando suas casas e saqueando seus pertences;
  14. Quem ousava dizer a verdade, se pego, era torturado como bruxo (a);
  15. Depois vieram Lutero e Calvino, com mais modificações dos textos e com uma estrutura doutrinária diferente, onde se deu inicio a inquisição protestante, como se já não fosse o bastante a inquisição católica;
  16. Mas mesmo com tudo isso, os judeus, que estudam sua fé nos livros mais antigos e que não foram adulterados pelas igrejas cristãs, até hoje não aceitam jesus como o messias e refutam muito daquilo que é dito sobre ele.

Há muito mais para ser falado sobre a fraude do cristianismo, que será em breve substituída pelo islamismo, que depois será substituída por outra doutrina qualquer.

Se é que existe um deus, com certeza não é o deus cristão.

Eu posso também se você quiser, montar uma lista das divindades anteriores ao tal jesus, que também tem seu nascimento em 25 de dezembro, que foram traídos por um discípulo por conta de pagamento, que morreram entre trinta e trinta e três anos de idade, que morreram crucificados, que tinham doze seguidores, que ressuscitaram, que curaram enfermidades das mais diversas e assim por diante.

Para que se chegue a um bom resultado, devemos seguir o ensinamento de Buda:

Se apertar demais, a corda quebra, se afrouxar demais fica desafinado, pois então que o melhor caminho é o caminho do meio, do equilíbrio, sem interferência das paixões.

É isso...

Oiced Mocam disse: Todo o resto é superstição, mistificação, rituais, crendices, alienação, dogmas e doutrinas".

RESPONDENDO: Jesus está pagando por causa de muitos mitos que foram criados, mas ninguém tem provas que ele não existiu. Ao contrário eu coloquei uma das maiores evidencias e voce continua a ignorar a questão. Depois não me venha dizendo que me deu explicações.

Oiced respondeu:

EIS ALGUMAS PROVAS CONTRA O JESUS HISTÓRICO:
Matou a charada:
MILAGRES VÃO CONTRA A LEI DA NATUREZA.

MORTOS NÃO RESSUSCITAM! Então, JESUS NÃO EXISTIU! ( só nas fábulas, mitologia e na obra de ficção, a biba).

RESPONDENDO: Oiced, mas uma tentativa frustrada sua que não deu certo.

Existia uma classe de judeus que acreditam que os mortos não ressucitavam.

Eles não estavam dizendo que Jesus não tinha existido e sim que ele não ressucitou.

 

Argumentos de Oiced:

2) Palavras do papa Leão X:

“Quantum nobis prodeste haec fabula Christi”! (“Quanto nos é útil esta FÁBULA de Cristo!”)

Respondendo: Céticos costumam se deixar influenciar por péssimos exemplos. Eu não irei desacreditar em Jesus por causa de uma humanidade desviada.

Continuo sem as minhas respostas.???????????????????????????

 
 

Gilberto amigo bom dia!

O novo testamento é um livro histórico que precisa ser provado segundo a arqueologia científica.

Alguns acreditam nele e outros não. Uns afirmam que é verdade e outros afirmam que é mentira.

Se o ônus da prova cabe a quem afirma porque só aos cristãos cabe a responsabilidade?

Isto não confere com a realidade racional.

Voce não tem provas se foram os discípulos de Jesus que escreveram os evangelhos originais e poderiam ser pessoas estudadas ligadas ao cristianismo que escreveram ou ditaram para que eles escrevessem. Qual o problema disto?

Voce chamar Jesus de iletrado mostra que voce perdeu a sua fé. As escrituras dizem: Quanta sabedoria tem este homem sem nunca ter estudado?

Paulo na verdade foi um homem escolhido para levar o cristianismo aos gentios porque falava vários idiomas. Além do mais era foi o melhor exemplo porque perseguia e mandava matar os cristãos.

Voce tem provas históricas que Judas iscariotes foi encaixado pela ICAR nos evangelhos e que nunca traiu Jesus?

Os judeus nunca aceitaram a Jesus e nunca iriam aceitar conforme as profecias. Era plano divino de acordo com o velho testamento. Jesus pregou na terra prometida e não saiu de lá. Os primeiros convertidos eram pertencentes as demais tribos de Israel, incluindo poucos judeus que o aceitaram. Os pagãos vieram de longe para conhecer a Jesus.
 
Gilberto Vieira disse:

Erijosé, eu concordo com o Oiced em relação ao debate acabar repetindo o que já foi dito no tópico aberto pelo Ivo.

Mas de qualquer maneira, vamos aos questionamentos mais comuns.

Você disse: Os críticos é que tem que provar que o que está escrito é mentira.

Este artifício é conhecido como inversão do ônus da prova.

Quando um pescador diz que pescou um peixe de dois metros de comprimento, ele tem que apresentar as provas, como fotos, filmagem, etc e não quem duvida de seu feito.

Há dois sujeitos conhecidos por Jesus, um histórico e outro mítico.

O histórico era judeu, viveu como judeu e foi condenado por crimes políticos e executado como judeu.

O Jesus histórico era analfabeto, como a maioria da população e falava aramaico,idioma da região.

Os apóstolos eram analfabetos também, talvez com exceção de Paulo, que era romano, cobrador de impostos e deveria falar grego.

Detalhando para que não reste dúvidas:

  1. O ensino da leitura era para poucos e custava muito caro, por este motivo a grande maioria da população era analfabeta, incluindo a maioria dos governantes, sejam eles governadores, imperadores, reis ou faraós;
  2. Jesus supostamente seria carpinteiro, analfabeto, falava apenas aramaico;
  3. Entre os discípulos apenas Paulo teria condições de saber ler e escrever, por conta de sua função;
  4. Os evangelhos começaram a ser escritos por volta do ano setenta da era comum, em uma época onde se casavam com quinze anos e a expectativa de vida era de trinta e cinco a quarenta anos de idade, principalmente por conta da vida difícil da região e por conta das inúmeras doenças coletivas, como cólera, tifo, peste negra, peste bubônica, leptospirose e raiva.
  5. Com exceção de Paulo, todos os discípulos falavam aramaico e talvez um ou outro arranhasse o hebraico, mas não pode-se dizer que eles dominavam o grego, idioma do NT;
  6. Judas Iscariotes foi incluído na história, durante o concílio de Niceia, para que a igreja pudesse induzir os fieis a pensarem que os judeus traíram seu messias, daí o nome judas, corruptela de judeus;
  7. Os judeus, ao contrário do que você disse acima, nunca aceitaram Jesus como messias, quem os aceitou foram os pagãos. Os judeus até hoje refutam Jesus, pois o messias é esperado para que se faça cumprir a lei de deus e jesus não o fez;

 

A ICAR escolheu apenas 4 evangelhos e as cartas posteriores a  elas porque tiveram a intenção de separar aqueles que foram as testemunhas diretas que andaram com Jesus ou que foram indicados por eles dentro do cristianismo. Muitos livros foram deixados de fora porque não conscidiam com as verdades dos primeiros apóstolos. A ICAR tinha a intenção de separar o que era verdade dita pelos apóstolos daqueles que não tiveram contatos com as doutrinas de Cristo.

Muitos rejeitaram a Jesus o que era esperado. Ele será levado como ovelha ao matadouro.

A ICAR transformou o cristianismo de Jesus num poder político o que não tem nada a ver com as verdades apostólicas. Se alguém obrigou alguns a serem cristãos foi por motivo extra bíblica. Antes disto ninguém era obrigado a aceitar ao cristianismo segundo as primeiras revelações.

Voce disse que Lutero e Calvino modificaram os textos. Onde estão as provas que eles modificaram o novo testamento? Porque existe hoje uma guerra entre calvinismo e luteralismo?

Porque as frases não foram adulteradas, ajustadas para não deixar esta guerra dentro do cristianismo?

Logo não houve fraudes. O que houve foram interpretações diferentes dentro de um mesmo contexto.

A inquisição católica foi alvo de muita política religiosa, assim como tranforamram o islamismo nos poderes radicas dos terroristras. Nada disto prova que a bíblia foi ajustada e adulterada dos originais.

Jesus foi alvo da mídia por causa do comércio e isto foi alertado por Paulo em uma de suas cartas quando disse que o crrstianismo seria usado para o comércio.
 
Gilberto Vieira disse:

 

  1. De quarenta e quatro livros, escritos e depois falsamente atribuídos aos apóstolos, porque a ICAR escolheu apenas quatro?
  2. Por qual motivo foram excluídos o apocalipse de Paulo, Apocalipse de Adão, Apocalipse de Baruc, Apocalipse de Moisés, Apocalipse de Sidrac, Apocalipse de Marcos, apocalipse de Tiago, Apocalipse de João o Teólogo, Apocalipse de Paulo, Apocalipse de Pedro e o Apocalipse de Tomé?
  3. Por qual motivo foram excluídos o Livro dos Jubileus, Martírio de Isaías, Oráculos Sibilinos, Prece de Manassés, Primeiro Livro de Enoque, Primeiro Livro de Esdras, Quarto Livro dos Macabeus;
  4. O Evangelho de Bartolomeu, Evangelho de Filipe, Evangelho de Marcião, Evangelho de Maria Madalena (ou Evangelho de Maria de Betânia), Evangelho de Matias (ou Tradições de Matias), Evangelho de Nicodemos (ou Atos de Pilatos), Evangelho de Pedro, entre outros;

  5. Há várias inconsistências nos textos escolhidos e muitas lacunas, onde nem mesmo os moradores locais, que deveriam ser os seguidores originais do "Messias" não o reconheceram como tal;
  6. A grande maioria apenas aceitou o cristianismo por conta da ação militar romana, que obrigava a conversão ou matava as pessoas, queimando suas casas e saqueando seus pertences;
  7. Quem ousava dizer a verdade, se pego, era torturado como bruxo (a);
  8. Depois vieram Lutero e Calvino, com mais modificações dos textos e com uma estrutura doutrinária diferente, onde se deu inicio a inquisição protestante, como se já não fosse o bastante a inquisição católica;
  9. Mas mesmo com tudo isso, os judeus, que estudam sua fé nos livros mais antigos e que não foram adulterados pelas igrejas cristãs, até hoje não aceitam jesus como o messias e refutam muito daquilo que é dito sobre ele.

 

Cristianismo ser subistiuído pelo Islamismo?

De onde voce tirou isto?

Se não é o Deus das escrituras onde está este Deus que não se revelou até agora?

Pelo menos o Deus da bíblia tem um plano divino e complexo dedicado aos homens que tem sido uma dor de cabeça para provarem sua farsa.

Esta lista que voce vai apresentar tem respostas o suficiente para mostrar que a fraude vem do ceticismo para ser encaixado dentro do cristianismo.

Bom, eu dei todas as minhas explicações e até agora só presenciei teorias que não provam nada.

Estou aguardando alguém se manifestar.

Não adianta mostrar teorias sem nenhuma prova histórica porque elas nos dizem que o judaismo assim como o cristianismo fornecem evidencias que elas foram alvos de  base para muitas outras montagens mitológicas.

Assim como querem destruir Deus, muitos islâmicos querem destruir Israel. Esta perseguição a Israel vem desde o começo do mundo.
 
Gilberto Vieira disse:

Há muito mais para ser falado sobre a fraude do cristianismo, que será em breve substituída pelo islamismo, que depois será substituída por outra doutrina qualquer.

Se é que existe um deus, com certeza não é o deus cristão.

Eu posso também se você quiser, montar uma lista das divindades anteriores ao tal jesus, que também tem seu nascimento em 25 de dezembro, que foram traídos por um discípulo por conta de pagamento, que morreram entre trinta e trinta e três anos de idade, que morreram crucificados, que tinham doze seguidores, que ressuscitaram, que curaram enfermidades das mais diversas e assim por diante.

Para que se chegue a um bom resultado, devemos seguir o ensinamento de Buda:

Se apertar demais, a corda quebra, se afrouxar demais fica desafinado, pois então que o melhor caminho é o caminho do meio, do equilíbrio, sem interferência das paixões.

É isso...

Responder à discussão

RSS

Sobre

Badge

Carregando...

Leia Isto!

Traduzir para/Translate to:


Visualizações

contador de visitas online

Se esta é a sua 1ª visita ou se passou por aqui, mas não quis comentar nem publicar nada, assine o nosso livro de visitas!

Irreligiosos.ning.com website reputation

Recados Rápidos

 

 

Links Indicados

Sites da Rede DDD: . . . . . . .Logo Rede DDD Acessar links dos sites Baú do Inexplicado Outros:
visit Skeptic.com

Sociedade Racionalista

ComunidadeO Outro Lado das ReligiõesBULE VOADORInternet Infidels Visitar o Observatório

GeraLinks

Badges do Irreligiosos

Nosso badge no seu blog:

Link o Irreligiosos


(Clique aqui para saber como!)


Enquete Jesus Cristo


Sua opinião sobre Jesus Cristo:
Acesse o post de apoio;

----------------
Acesse a nossa página PESQ para responder à enquete.

 


Notícias Cristãs

Atenção: As notícias aqui divulgadas não são nossas recomendações e são veiculadas apenas para informar os últimos acontecimentos e eventos do cristianismo.

(Se a exibição falhar, não é culpa nossa e sim do Widget. Não se preocupem, elas voltam depois)

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias

Grupos

Principais Colaboradores

Abaixo, destacamos (em ordem alfabética) a 4ª lista dos nossos  mais eminentes e constantes colaboradores:

  • Alfredo Bernacchi
  • Assis Utsch
  • Carlos Dosivan
  • Divina J. Scarpim
  • Erijosé Oliveira
  • Gilberto Vieira
  • Jorge O. Almeida
  • Luísa L.
  • Márcia Zaros
  • Marilda Oliveira
  • Oiced Mocam
  • Paulo Luiz  
  • Paulo Rosas 
  • Rafael Rocha
  • Sergio M. Rangel

© 2018   Criado por Ivo S. G. Reis.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço