Irreligiosos

Se você não sabe, aceita e não questiona, embota-se e acaba virando crente.

Qual a Diferença da "Existência de Deus" e da "Existência de Espíritos" ???

ESPIRITISMO É CIENTÍFICO?

 

E o cristianismo ? Também é científico???

 

Qual a Diferença da "Existência de Deus" e da "Existência de Espíritos" ???

 

As duas supostas "existências" por ventura não surgiram de uma mesma mente RELIGIOSA???

 

Qual a diferença de uma pesquisa científica que procura provar a existência de "espíritos" e outra que procura provar a existência de "Deus" , ambus conceitos não estão no mundo do "sobrenatural" , do intangível ? ... e por isso IMPOSSÍVEL de se provar irrefutavelmente usando o método científico?

 

Que tal uma pesquisa científica para provarmos a existência do boitatá ou do lobisomem ... há pessoas que juram por tudo quanto é mais "sagrado" que já avistaram estes seres mágicos?

 

E ai?

 

A ciência abre as portas para TODAS AS CRENÇAS NO SOBRENATURAL  existentes neste planeta , ou fecha a porta para todas elas?

 

Porque favorecer um ramo religioso , no caso o "ESPÍRITA" e discriminar os outros milhares de ramos religiosos , os quais muitos deles , apesar de ser , não se julgam religiosos???

 

Comentem.

Exibições: 222

Responder esta

Respostas a este tópico

Calma Cristiano, calma! Existem grandes diferenças sim e o perigo, você sabe, é as religiões quererem fazer parecer que não. É isso que eles "querem" que nós pensemos: que se admitirmos a existência dos fenômenos espíritas, teremos de admitir a existência de Deus. Por quê? Porque isso é bom para eles (quando digo eles, refiro-me a todos os defensores, praticantes e representantes das religiões). 

Os seres vivos, e dentre estes os humanos, são seres sobrenaturais? Não. O que as religiões dizem? Que somos criados por Deus. É uma verdade provada? Não. Significa que Deus existe? Não.

Agora vou repetir a mesma pergunta adaptando-a ao mundo espiritual:

Os seres espirituais, são seres sobrenaturais? Não. O que as religiões dizem? Que Deus controla o mundo espiritual e que temos um carma a cumprir. É uma verdade provada? Não. Significa que Deus existe? Não.

O erro está em considerar seres e fenômenos espíritas como sobrenaturais. Isso pertence ao mundo natural desconhecido. Implantou-se uma ideia equivocada de que fenomenologia espírita é sobrenatural, pelo simples fato de ela não ter sido estudada convenientemente. Aí está o perigoso equívoco.

Dito isto, vamos às respostas das suas perguntas, as minhas respostas, que podem estar corretas ou não (há que se considerar o que outros pensam):

1) Espiritismo é científico? Sim, considerá-lo religião é um erro e uma "forçação de barra"

2) E o cristianismo também é científico? Não! Cristianismo é um engodo e o resto você já sabe.

3) As duas supostas "existências" porventura não surgiram de uma mesma mente RELIGIOSA??? 

    Não. O primeiro codificador do espiritismo, Allan Kardec, era um cientista ateu. Depois é que as religiões começaram a rondar o espiritismo e hoje tentam vê-lo e praticá-lo como religião. Já disseram, inclusive, adaptando o discurso, que JC foi um "espírito de luz" que Deus mandou à Terra. Isto foi e é uma distorção da realidade porque religião é uma praga venenosa que se infiltra onde lhe derem brecha.

4) A ciência não abre nem fecha as portas ao sobrenatural, ela pesquisa. E para a ciência qualquer fenômeno detectável pertence ao mundo natural, conhecido ou desconhecido. Por isso ela afirma que "espíritos, se existirem, pertencem ao mundo natural". Ataques epiléticos já foram considerados manifestações espíritas, possessão demoníaca, coisa sobrenatural e hoje, já estudados, pertencem ao mundo natural. Os raios e trovões também, já foram considerados como a "ira dos deuses" e hoje, pertencem ao mundo natural. E assim será com todos os fenômenos espíritas. Mas a ciência está lenta, muito lenta e, enquanto isso, as religiões se aproveitam e deitam e rolam. É o que penso.

No mais e com relação a como interpretar e combater isso, veja o comentário que deixei hoje para você no tema referente à CID 10(F44.3).

Saudações Irreligiosas!

 

O espírito pode ser traduzido como força vital e não necessariamente alma, como acreditam alguns.

Veja a definição na Wikipedia:

"A palavra espírito costuma ser usada em dois contextos, um metafísico e outro metafórico.

Espírito é definido pelo conjunto total das faculdades intelectuais. Ele é frequentemente considerado como um princípio ou essência da vida incorpórea (religião e tradição espiritualista da filosofia), mas pode também concebida como um princípio material (conjunto de leis da física que geram nosso sistema nervoso).

http://pt.wikipedia.org/wiki/Esp%C3%ADrito "

Acho muito saudável debater e tentar agregar valor ao debate, assim podemos adquirir mais conhecimento e mais argumentos, mas sem radicalismo desnecessário.

Confundir espiritismo com religião é prova de preconceito e não de conhecimento de causa.

É aceitável que não concorde com algo, desde que você saiba do que está falando, até para que você não perca a razão antes de iniciar a discussão.

Embase sempre suas crenças em argumentos sustentáveis e estudados.

Siga o exemplo do Ivo.

Saudações Agnósticas


Olá Ivo, peço permissão para entrar nessa discussão com relação se o espiritismo é ciência ou religião.

No ítem 1 do seu argumento você "afirma" que o espiritismo é considerado uma ciencia e que seria uma forçação de barra considerá-lo uma religião. Isento de preconceito como afirma Gilberto Vieira que quem considera o espiritismo uma relgião eu penso sim, que é o espiritismo uma religião. E posso tentar argumentar da seguinte forma:

1 - O espiritismo atualmente não faz "pesquisas", está muito centrado na "mediunidade", e convenhamos sem pesquisas fica muito difÍcil aceitá-lo como uma ciência.

2- Existe no meio espírta um culto exacerbado acerca da figua de Jesus Cristo venerado-o como um mito.

3- As Federaçãoes Espíritas espalhadas pelo território são altamente centralizadoras e policialescas.

4- Tente questionar Kardec no movimento espírita para ver o que acontece

5- Infelizmente, o espiritismo que tinha uma proposta diferente para o avanço da humanidade virou uma seita. 

Gilbeto Leocádio de Souza


Ivo S. G. Reis disse:

Calma Cristiano, calma! Existem grandes diferenças sim e o perigo, você sabe, é as religiões quererem fazer parecer que não. É isso que eles "querem" que nós pensemos: que se admitirmos a existência dos fenômenos espíritas, teremos de admitir a existência de Deus. Por quê? Porque isso é bom para eles (quando digo eles, refiro-me a todos os defensores, praticantes e representantes das religiões). 

Os seres vivos, e dentre estes os humanos, são seres sobrenaturais? Não. O que as religiões dizem? Que somos criados por Deus. É uma verdade provada? Não. Significa que Deus existe? Não.

Agora vou repetir a mesma pergunta adaptando-a ao mundo espiritual:

Os seres espirituais, são seres sobrenaturais? Não. O que as religiões dizem? Que Deus controla o mundo espiritual e que temos um carma a cumprir. É uma verdade provada? Não. Significa que Deus existe? Não.

O erro está em considerar seres e fenômenos espíritas como sobrenaturais. Isso pertence ao mundo natural desconhecido. Implantou-se uma ideia equivocada de que fenomenologia espírita é sobrenatural, pelo simples fato de ela não ter sido estudada convenientemente. Aí está o perigoso equívoco.

Dito isto, vamos às respostas das suas perguntas, as minhas respostas, que podem estar corretas ou não (há que se considerar o que outros pensam):

1) Espiritismo é científico? Sim, considerá-lo religião é um erro e uma "forçação de barra"

2) E o cristianismo também é científico? Não! Cristianismo é um engodo e o resto você já sabe.

3) As duas supostas "existências" porventura não surgiram de uma mesma mente RELIGIOSA??? 

    Não. O primeiro codificador do espiritismo, Allan Kardec, era um cientista ateu. Depois é que as religiões começaram a rondar o espiritismo e hoje tentam vê-lo e praticá-lo como religião. Já disseram, inclusive, adaptando o discurso, que JC foi um "espírito de luz" que Deus mandou à Terra. Isto foi e é uma distorção da realidade porque religião é uma praga venenosa que se infiltra onde lhe derem brecha.

4) A ciência não abre nem fecha as portas ao sobrenatural, ela pesquisa. E para a ciência qualquer fenômeno detectável pertence ao mundo natural, conhecido ou desconhecido. Por isso ela afirma que "espíritos, se existirem, pertencem ao mundo natural". Ataques epiléticos já foram considerados manifestações espíritas, possessão demoníaca, coisa sobrenatural e hoje, já estudados, pertencem ao mundo natural. Os raios e trovões também, já foram considerados como a "ira dos deuses" e hoje, pertencem ao mundo natural. E assim será com todos os fenômenos espíritas. Mas a ciência está lenta, muito lenta e, enquanto isso, as religiões se aproveitam e deitam e rolam. É o que penso.

No mais e com relação a como interpretar e combater isso, veja o comentário que deixei hoje para você no tema referente à CID 10(F44.3).

Saudações Irreligiosas!

 

O caso é que algum dia neste planetinha em que vivemos , alguém pronunciou esta palavra , seja lá qual for a língua de quem a pronunciou primeiro , esta palavra chegou até nosso ouvidos ... a palavra ESPÍRITO , ou ESPÍRITOS ... beleza , até aqui eu penso que todos devem concordar né? Sim ou não?

 

Esta palavra surgiu para definir alguns fenômenos que acontece com ALGUNS seres humanos ... coisas que até então são INEXPLICÁVEIS de maneira IRREFUTÁVEL , beleza ... creio que até aqui concordamos também.

 

Mas o cerne do meu questionamento é o seguinte ???

 

Porque abrir espaço na comunidade científica para mesmo , pesquisar fenômenos que estão diretamente ligados a PRÁTICAS RELIGIOSAS , usando termos religiosos ???

 

Como já disse em outro comentário ... os crentes evangélicos , por exemplo , falam do famoso "batismo com o espírito santo" ... no entendimento deles isto é um FENÔMENO SOBRENATURAL , onde o espírito de deus , de forma sobrenatural , toma o corpo da pessoa e a partir daquele momento , passa a fazer morada naquela pessoa , influenciado ela nas suas tomadas de decisões , conferindo um senso de analise acima dos humanos que não foram batizados com o suposto ESPÍRITO SANTO.

 

No momento do batismo , ocorre sensações físicas nas pessoas , sensações praticamente indescritíveis ... falo por experiência própria , pois eu já fui "batizado no espírito santo" rsrsrs.

 

Então , vamos supor que eu fosse um cientista influente e começasse uma pesquisa para provar a EXISTÊNCIA DO ESPÍRITO SANTO ... e provar que o dito cujo ainda BATIZA DE FORMA SOBRENATURAL todos aqueles que se submetem a "vontade de Deus" ... repararam no tanto de coisa que eu teria que pesquisar e PROVAR ser verdadeiro???

 

Esta pesquisa seria uma idiotice??? ÓBVIO QUE NÃO , pois a partir do momento que eu tenho um considerável grupo de pessoas , sendo supostamente "batizadas com O ESPÍRITO SANTO , nada mais justo do que termos cientistas aplicados em pesquisarem sobre o assunto , usando inclusive os termos oriundos da religião cristã.

 

Nada mais justo termos na comunidade científica , frentes de pesquisas a respeito de TODOS os ramos religiosos ... ou não???

 

E cada representante religioso , defendendo que sua RELIGIÃO não é simplesmente mais uma religião , mas é algo "CIENTÍFICO" ... meus caros amigos IRRELIGIOSOS ... a alucinação religiosa já governa os nosso "governos" , governa a mídia , governa e dita "os bons costumes" de nossa sociedade ... agora ela quer governar e ditar regras e dogmas também no meio científico ... será que é só eu e alguns poucos aqui que estamos vendo isto???

 

ESPIRITISMO É UMA RELIGIÃO e possui conceitos religiosos em sua concepção.

 

Tem coisa que tem que ser meio radical mesmo ... ou o certo seria fazer o seguinte:

 

ABRIR AS "PORTAS" DA COMUNIDADE CIENTÍFICA PARA PESQUISAS DE CONCEITOS DE TODAS AS RELIGIÕES , para qualquer cientista que esteja disposto a fazê-lo.

 

Sim ou não??? 

Taí, José Pedro, suas conclusões são acertadíssimas, inclusive no que pesquisou em relação a Kardec. Este era cientista e quando começou a compilar e pesquisar estudos sobre o espiritismo, sua intenção era tentar explicar os fenômenos e estudá-los sob o ponto-de-vista científico. No século de Kardec e na França e Alemanha, os fenômenos espíritas estavam em moda e havia um fanatismo e uma certa confusão generalizada. Ele apenas tentou codificar e colocar ordem na casa. Depois de sua morte, a coisa degringolou e deu no que deu hoje (mais um erro de avaliação).

Brilhante também a sua co0nclusão: "4) A ciência não abre nem fecha as portas ao sobrenatural, ela pesquisa. E para a ciência qualquer fenômeno detectável pertence ao mundo natural, conhecido ou desconhecido. Por isso ela afirma que "espíritos, se existirem, pertencem ao mundo natural".

É exatamente o que penso. Os fenômenos espíritas pertencem ao mundo natural desconhecido. 

Prezado Cristiano Goes !

Vejo com bons olhos seu posicionamento sobre o assunto e a maneira como a expõe, dentro da sua lógica, mas pretendo fazer algumas observações .

Em primeira instância, quero e devo esclarecer que não participo de nenhuma atividade espiritualista, não sou médium nem coisa parecida,  muito menos cientista, mas acredito e fujo da atividade porque,  veja só ! : já imaginou eu me consultando com uma entidade  e ela se dirigindo a mim: ...."mi zín fio, Jesus tá oiando ocê"..... Não vai dar certo,vou quebrar o pau com a entidade e o que acontecerá depois ?!?!.... . "Tô fora".

Brincadeiras a parte , vamos viajar no lombo do tempo ! O espiritismo vem de muito e muito tempo atrás; os egípcios já o cultuavam  (vide O Livro dos Mortos dos Egípcios) as catacumbas com os pertences do morto e alimentos para a sua jornada ( hoje chamamos de " despacho  ") .

Lembra-se da passagem bíblica onde Jesus retira os demônios do corpo de um homem e os incorpora em porcos, que em seguida se atiram em precipício ? 

Pois é, os egípcios sua civilização anterior, dizem, chegava perto dos 30.000 anos AC. Isto  posto, quero dizer que o assunto espiritismo, antecipa quase a totalidade das religiões.

Pense comigo ! É lógica minha sem maiores conhecimentos.

O cristianismo foi imposto ao homem e você não desconhece, pela " Santa Inquisição " . Ou o cidadão acreditava  em Cristo ou era torturado para se converter, caso contrário era  condenado à fogueira.  Era ou dá ou desce.

O cristianismo de hoje, não é nem de longe o que foi em seus primórdios.

Observe, ainda  !  Se os espíritos se reencarnam geração após outra, há que se esperar que estes tenham adquirido os hábitos de outras vidas, trazendo-os para o presente, sendo que alguns (quem sabe?) possa ter sido padre ou um carola qualquer em vidas passadas e acho natural que falem em Cristo e coisas assim, por isto recomendo-lhe ver no Youtube :  Filme completo - Minha vida em outra vida .  Podes crer, vale a pena.

Alerto para que não confundas o fato de que essas experiências de outras vidas, façam com que esses espíritos  se manifestem como religiosos e que nós vivos, habituados ao cerimonialismo ritual , acompanhemos a tradição , com a realidade DESEJÁVEL, que todos nós desconhecemos a respeito do espiritismo, que poderá ou não no futuro ser desvendada pela ciência.

Acho muito difícil que isto aconteça, haja vista o tempo de sua existência.

Saudações irreligiosas


Cristiano Goes disse:

O caso é que algum dia neste planetinha em que vivemos , alguém pronunciou esta palavra , seja lá qual for a língua de quem a pronunciou primeiro , esta palavra chegou até nosso ouvidos ... a palavra ESPÍRITO , ou ESPÍRITOS ... beleza , até aqui eu penso que todos devem concordar né? Sim ou não?

 

Esta palavra surgiu para definir alguns fenômenos que acontece com ALGUNS seres humanos ... coisas que até então são INEXPLICÁVEIS de maneira IRREFUTÁVEL , beleza ... creio que até aqui concordamos também.

 

Mas o cerne do meu questionamento é o seguinte ???

 

Porque abrir espaço na comunidade científica para mesmo , pesquisar fenômenos que estão diretamente ligados a PRÁTICAS RELIGIOSAS , usando termos religiosos ???

 

Como já disse em outro comentário ... os crentes evangélicos , por exemplo , falam do famoso "batismo com o espírito santo" ... no entendimento deles isto é um FENÔMENO SOBRENATURAL , onde o espírito de deus , de forma sobrenatural , toma o corpo da pessoa e a partir daquele momento , passa a fazer morada naquela pessoa , influenciado ela nas suas tomadas de decisões , conferindo um senso de analise acima dos humanos que não foram batizados com o suposto ESPÍRITO SANTO.

 

No momento do batismo , ocorre sensações físicas nas pessoas , sensações praticamente indescritíveis ... falo por experiência própria , pois eu já fui "batizado no espírito santo" rsrsrs.

 

Então , vamos supor que eu fosse um cientista influente e começasse uma pesquisa para provar a EXISTÊNCIA DO ESPÍRITO SANTO ... e provar que o dito cujo ainda BATIZA DE FORMA SOBRENATURAL todos aqueles que se submetem a "vontade de Deus" ... repararam no tanto de coisa que eu teria que pesquisar e PROVAR ser verdadeiro???

 

Esta pesquisa seria uma idiotice??? ÓBVIO QUE NÃO , pois a partir do momento que eu tenho um considerável grupo de pessoas , sendo supostamente "batizadas com O ESPÍRITO SANTO , nada mais justo do que termos cientistas aplicados em pesquisarem sobre o assunto , usando inclusive os termos oriundos da religião cristã.

 

Nada mais justo termos na comunidade científica , frentes de pesquisas a respeito de TODOS os ramos religiosos ... ou não???

 

E cada representante religioso , defendendo que sua RELIGIÃO não é simplesmente mais uma religião , mas é algo "CIENTÍFICO" ... meus caros amigos IRRELIGIOSOS ... a alucinação religiosa já governa os nosso "governos" , governa a mídia , governa e dita "os bons costumes" de nossa sociedade ... agora ela quer governar e ditar regras e dogmas também no meio científico ... será que é só eu e alguns poucos aqui que estamos vendo isto???

 

ESPIRITISMO É UMA RELIGIÃO e possui conceitos religiosos em sua concepção.

 

Tem coisa que tem que ser meio radical mesmo ... ou o certo seria fazer o seguinte:

 

ABRIR AS "PORTAS" DA COMUNIDADE CIENTÍFICA PARA PESQUISAS DE CONCEITOS DE TODAS AS RELIGIÕES , para qualquer cientista que esteja disposto a fazê-lo.

 

Sim ou não??? 

Eu li o O Livro dos Espíritos. No Livro Segundo da obra, dedicado especialmente aos Espíritos, diz-se que a criação desses seres é contínua, que “Deus não cessou jamais de criar” esses entes. (p.56). E o espírito tem uma capa: “o espírito propriamente dito está revestido de um envoltório”. E “passando de um mundo para outro, o espírito troca seu envoltório, como mudais de roupa”; “podendo [o espírito] tomar forma visível e mesmo palpável”. (p.57-58-59) Diz ainda que o espírito é a “alma antes de se unir ao corpo” e a alma é “um espírito encarnado”; que existe uma outra coisa semimaterial, “o laço que une a alma ao corpo”; que “antes do nascimento não há ainda união definitiva entre a alma e o corpo”; (p.71-72) que “há espíritos ainda com limitações que não entendem as coisas abstratas”; (p.74) que “Ela [a alma] tem ainda um fluido que lhe é próprio, tomado da atmosfera de seu planeta e que representa a aparência de sua última encarnação: seu perispírito”; que a alma após a morte leva “a lembrança e o desejo de ir para um mundo melhor”. (p.77) Ou seja, a alma abriga faculdades – a memória e o desejo – coisas que só podem existir por ação de fatores biológicos. De todas essas bizarrices, essa do “espírito palpável” é uma das mais estranhas! Dizer vida eterna é o maior dos paradoxos, é expressão exclusiva das superstições religiosas. Pois, cessada a função biológica, não há mais vida, exceto se falarmos das espécies parasitárias do corpo, as bactérias, etc. Como um absurdo não basta, eles precisam se multiplicar. Mas Kardec nos oferece o impossível, como todos os Messias, Profetas, Salvadores e Pregadores.

Ambos não existem. A diferença é que o criador é o executivo e o espírito é o judiciário. rsrsrs... 

Quando falarmos de ciência e cientistas, devemos pensar que existem muito formados pelas faculdades Adventistas, fanáticos religiosos, que vivem fazendo arruaça nos meios científicos, querendo ganhar espaço. O cientista verdadeiro não admite nem uma coisa nem outra. Tem muita coisa falsa disseminada nesse meio, querendo complicar. Os verdadeiros cientistas são discretos e muito na deles e sem querer abrem espaço para esse misticos, cientistas falsos.

Responder à discussão

RSS

Sobre

Badge

Carregando...

Leia Isto!

Traduzir para/Translate to:


Visualizações

Para visualizar a matéria do link escolhido, maximize a tela e clique em fechar (X), na barra cinza superior do widget box. Isto eliminará a janela de advertência em rosa.

Se esta é a sua 1ª visita ou se passou por aqui, mas não quis comentar nem publicar nada, assine o nosso livro de visitas!

 

Recados Rápidos

 

 

Links Indicados

Sites da Rede DDD: . . . . . . .Logo Rede DDD Acessar links dos sites Baú do Inexplicado Outros:
visit Skeptic.com

Sociedade Racionalista



ComunidadeO Outro Lado das ReligiõesBULE VOADORInternet Infidels Visitar o Observatório
Acessar

GeraLinks

Badges do Irreligiosos

Nosso badge no seu blog:

Link o Irreligiosos


(Clique aqui para saber como!)


Enquete Jesus Cristo


Sua opinião sobre Jesus Cristo:
Acesse o post de apoio;

----------------
Acesse a nossa página PESQ para responder à enquete.

 


Notícias Cristãs

Atençao: As notícias aqui divulgadas não são nossas recomendações e são veiculadas apenas para informar os últimos acontecimentos e eventos do cristianismo.

(Se a exibição falhar, não é culpa nossa e sim do Widget. Não se preocupem, elas voltam depois)


Get Your News Widget

Principais Colaboradores

Abaixo, destacamos (em ordem alfabética) a 4ª lista dos nossos agora "12 Mais (tivemos de mudar de 10 para 12, por maior justiça):"

  • Alfredo Bernacchi
  • Assis Utsch
  • Divina J. Scarpim
  • Gilberto Vieira
  • Ivani A. Medina
  • Jorge O. Almeida
  • Luísa L.
  • Márcia Zaros
  • Marilda Oliveira
  • Oiced Mocam
  • Paulo Rosas Moreira
  • Paulo Luiz Mendonça
  • Willliam Pereira da Silva

 


Voltar ao topo (recurso válido apenas para a "Home Page")

© 2014   Criado por Ivo S. G. Reis.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço