Irreligiosos

Se você não sabe, aceita e não questiona, embota-se e acaba virando crente.

Textos cristãos, ateofóbicos ou em desacordo com as normas da Comunidade Irreligiosos: como proceder?

Um procedimento adotado pela Comunidade Irreligiosos tem causado polêmicas e dúvidas entre alguns dos seus membros (felizmente, a minoria, mas uma minoria que pretendemos respeitar até onde for possível).

Trata-se do posicionamento e dos critérios adotados pela Administração, para a permissão da publicação de textos cristãos, ateofóbicos ou em desacordo com as normas editoriais do site.

Muito embora cerca de 94% dos nossos membros, sejam de irreligiosos de todas as correntes (ateus, agnósticos, humanistas seculares, etc), permitimos, em casos especiais, a filiação de cristãos, espíritas, budistas, umbandistas e seguidores de quaisquer outras religiões, desde que se comprometam a não fazer apologia religiosa e respeitar as normas da comunidade. E não só os aceitamos em nosso meio, quando assumem um "termo de compromisso", no ato da filiação, como permitimos que comentem e publiquem mensagens de blog (posts) e discussões (fóruns). Essas exceções, nós as consentimos com o propósito de termos presentes em nossas discussões as opiniões contrárias e também de, democraticamente, darmos liberdade de expressão a todos os nossos membros.

Ocorre, porém, que em função do fanatismo religioso, alguns abusos têm sido cometidos pelos cristãos, especialmente os evangélicos, que adotam comportamentos ateofóbicos e fazem apologia religiosa, mesmo sabendo que nosso regulamento interno não permite tais práticas

Até aqui, temos sido o mais tolerantes possível, adotando o critério de permitir a publicação dos textos por eles enviados, na íntegra e sem alterações, mas com a colocação de uma "nota da administração" (NA) no início do texto, para deixar claro que aquele texto não reflete a opinião da administração nem dos demais membros da comunidade. As razões desse procedimento são por demais óbvias e não requerem maiores explicações.

Esse é o principal uso das "NA"; mas elas também podem ser usadas, excepcionalmente, em situações que requeiram esclarecimentos adicionais aos leitores, a critério da administração. Um exemplo disso é uma NA esclarecendo sobre clipagem de textos de terceiros, onde enfatizamos a necessidade da origem, dos créditos e dos links das fontes, quando o remetente não os indica ou os indica inadequadamente. Isso se faz necessário por honestidade intelectual e para nos conformarmos às nossas próprias normas editoriais, evitando possíveis problemas de direitos autorais.

Lamentavelmente, nossos critérios não têm sido compreendidos por alguns, causando-lhes descontentamento e originando críticas pesadas à administração e seus moderadores. A impressão que nos foi passada é que os descontentes repudiam a existência das NA ou só as admitem se colocadas em notas de rodapé e somente em textos ateofóbicos ou de manifesta origem religiosa e apologética. Esquecem-se, porém, que textos apologéticos (exceção para comentários, que não sofrem nenhuma moderação) já nem deveriam ser permitidos, de acordo com o regulamento interno. Restam então os textos que, mesmo não sendo apologéticos, denigrem os irreligiosos ou apresentam conteúdos completamente em desacordo com as nossas ideologias ou ainda aqueles que, por qualquer outro motivo circunstancial, exigem a presença dessas notas.

Diante de tudo isso, eis a questão: O que fazer para permitir a publicação de tais textos e dar aos opositores de nossas ideias o direito de manifestar livremente suas opiniões? Queremos que eles se manifestem, porque isso é bom para os debates. Mas sob quais condições? Que fazer quando recepcionamos um texto mal-escrito (geralmente os produzidos por evangélicos fanáticos) ou completamente sem fundamentação argumentativa nem, sequer, filosófica, baseando-se tão somente na Bíblia? Devemos permitir a publicação, sem correções? Devemos corrigir a ortografia e publicar? Devemos publicar com uma nota da administração?

Nesses casos, temos adotado o seguinte procedimento: se forem textos muito mal-escritos, que requeiram grande trabalho para revisar, não os publicamos; se forem textos com pequenos erros ortográficos, possíveis de serem corrigidos sem decaracterizar o original, corrigimos e publicamos, desde que o autor-remetente não manifeste a sua discordância, com uma nota prevista em regulamento; se forem textos contrários às nossas ideologias, avaliamos, tentamos aproveitar, mas só os publicamos na íntegra com uma NA, no início do texto. Essas têm sido as normas. 

Como nem isso tem resolvido, prometemos fazer uma enquete (miniatura acima) para ouvir as opiniões dos membros e tomar uma decisão democrática, que corresponda à vontade da maioria, conquanto que pelo menos 20% da totalidade dos membros respondam à pesquisa de opinião. Até que atinjamos o número mínimo necessário, permaneceremos com as normas atuais. Nossas decisões internas são tomadas em forma de colegiado (um administrador e três moderadores), cabendo ao administrador o "voto de minerva", em caso de empate. Mas isso não impede que determinadas decisões sejam tomadas ouvindo-se as opiniões dos membros, quando possível e necessário. E no presente momento, este é o caso. Comentem esta discussão!

Este é o texto de apoio. Os que desejarem votar (recomendado), devem acessar a página PESQ, no menu principal superior (clique aqui para acessar!),  e localizar a enquete número 7, a última, por enquanto.

Agradecemos a compreensão e a colaboração de todos.

Saudações Irreligiosas!

 

Exibições: 500

Responder esta

Respostas a este tópico

De acordo!

Ivo S. G. Reis !

Suas palavras a meu respeito :

I - Paulo Rosas:

"Nunca tivemos qualquer problema com seus textos, salvo aqueles em que você mesmo pediu para sustar a publicação ou fazer restrições. Considero-o ( isso já foi externado várias vezes) um dos membros mais éticos, equilibrados, educados e racionais desta comunidade. Parece ter absorvido, na íntegra, as nossas propostas e compreendido aonde queremos chegar. Somos gratos por isso e a comunidade muito lhe deve."

Esforço-me em compartilhar, não só com o Irreligiosos, mas com cada um dos seus membros, procuro contribuir com o que tenho e conheço, tenho minhas limitações, como acredito que outros aqui, também, as tenham. Não importa, eu vim para  somar e aprender com nossos participantes.

Saudações.

Responder à discussão

RSS

Sobre

Badge

Carregando...

Leia Isto!

Traduzir para/Translate to:


Visualizações

contador de visitas online

Se esta é a sua 1ª visita ou se passou por aqui, mas não quis comentar nem publicar nada, assine o nosso livro de visitas!

Irreligiosos.ning.com website reputation

Recados Rápidos

 

 

Links Indicados

Sites da Rede DDD: . . . . . . .Logo Rede DDD Acessar links dos sites Baú do Inexplicado Outros:
visit Skeptic.com

Sociedade Racionalista

ComunidadeO Outro Lado das ReligiõesBULE VOADORInternet Infidels Visitar o Observatório

GeraLinks

Badges do Irreligiosos

Nosso badge no seu blog:

Link o Irreligiosos


(Clique aqui para saber como!)


Enquete Jesus Cristo


Sua opinião sobre Jesus Cristo:
Acesse o post de apoio;

----------------
Acesse a nossa página PESQ para responder à enquete.

 


Notícias Cristãs

Atenção: As notícias aqui divulgadas não são nossas recomendações e são veiculadas apenas para informar os últimos acontecimentos e eventos do cristianismo.

(Se a exibição falhar, não é culpa nossa e sim do Widget. Não se preocupem, elas voltam depois)

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias

Grupos

Principais Colaboradores

Abaixo, destacamos (em ordem alfabética) a 4ª lista dos nossos  mais eminentes e constantes colaboradores:

  • Alfredo Bernacchi
  • Assis Utsch
  • Carlos Dosivan
  • Divina J. Scarpim
  • Erijosé Oliveira
  • Gilberto Vieira
  • Jorge O. Almeida
  • Luísa L.
  • Márcia Zaros
  • Marilda Oliveira
  • Oiced Mocam
  • Paulo Luiz  
  • Paulo Rosas 
  • Rafael Rocha
  • Sergio M. Rangel

© 2017   Criado por Ivo S. G. Reis.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço