Irreligiosos

Se você não sabe, aceita e não questiona, embota-se e acaba virando crente.

Resolvi compartilhar esta foto de A Burke, por entender que ela espelha uma verdade insofismável. Só não vê quem não quer, ou quem está cego pelas lavagens cerebrais recebidas dos ministros religiosos católicos, evangélicos ou de outra qualquer religião.

Classificação:
  • Atualmente, 0/5 estrelas.

Exibições: 111

Comentar

Você precisa ser um membro de Irreligiosos para adicionar comentários!

Entrar em Irreligiosos

Comentário de Ivo S. G. Reis em 15 maio 2016 às 19:03

"O fato de existir um curso de teologia validado pelo MEC, a meu ver, não torna o curso sério nem valida a teologia como ciência, apenas tira a seriedade do Ministério de Educação e Cultura. Nada mais."

Sim, concordo, mas a despeito disto, eles existem e se diferenciam mito dos ouyros, que são verdadeiros cursos caça-níqueis, sem autorização, com o intuito principal de ensinar os pastores a como interpretar a Bíblia tendenciosamente e enganar os trouxas. Eu, particularmente, acho que Teologia só deveria existir como curso livre e nada mais. Vou mais além: acho que o evangelismo é um câncer social que deveria ser extirpado para evitar a expansão de fanáticos e alienados.

O mesmo se aplica a determinados programas de TV, que só emburrecem e alienam o povo, tirando a sua atenção do que realmente interessa e pode ser útil ao crescimento intelectual de um povo e de uma nação. Mas isso, eles não querem, porque um povo esclarecido é mais difícil de ser explorado, enganado e dominado.

Saudações Irreligiosas!

 

Comentário de Divina de Jesus Scarpim em 15 maio 2016 às 11:44

O problema, meu caro Ivo, é que me bate uma estranheza bem grande até diante dessa sua frase:

"É claro que existem cursos sérios que atendem às Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Teologia"

Não consigo imaginar onde está mesmo a seriedade de um curso de pseudociência. E não consigo entender por que cargas d'água cursos desse tipo conseguem aprovação do MEC. Acho que ter esse tipo de coisa só consegue ser um fator que depõe, e com muita força, contra a validade e seriedade do próprio MEC.

O fato de existir um curso de teologia validado pelo MEC, a meu ver, não torna o curso sério nem valida a teologia como ciência, apenas tira a seriedade do Ministério de Educação e Cultura. Nada mais.

Comentário de Ivo S. G. Reis em 15 maio 2016 às 7:20

Achei corretíssimos os comentários da Divina e do Hideo. De fato, a grande maioria desses pastores sequer são teólogos e muitos nem possuem o ensino médio completo, pois os poucos que fizeram o curso de "teologia" o fizeram em instituições de credibilidade duvidosa, em cursos ministrados à distância (nada contra os cursos à distância), preparados às pressas para atender a um determinado público-alvo: pastores, missionários, apóstolos, etc, todos evangélicos, que precisam melhor convencer suas ovelhas.

Para fazer um desses cursos (não reconhecidos pela Igreja Católica nem pelo MEC), sequer é exigido o ensino médio completo. Mesmo assim, pastores ou candidatos a pastor se formam e depois podem fazer mestrado (???) e até doutorado (???), nessas mesmas instituições.

A propaganda agressiva desses cursos não livrou nem a minha cara, apesar das minhas conhecidas posições ideológicas contra religiões e igrejas, especialmente as evangélicas. Tenho recebido dezenas de emails com ofertas desses cursos (recebi um, esta semana, da Universidade da Bíblia), para o curso de "Bacharel em Teologia", pela irrisória quantia de R$ 195,00 com direito a carteirinha e certificado. Mas existem dezenas de cursos desses na internet, até de R$ 180,00 mensais, com duração de 12 meses, como os da "Faculdade Teológica das Assembleias de Deus" onde só se exige do candidato a pastor ou bacharel que "saiba ler e escrever". Parece inacreditável, mas é isso mesmo.

Não generalizo. É claro que existem cursos sérios que atendem às Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Teologia, mas são poucos. O que grassa mesmo são esses cursinhos à distância, baratos, de curta duração, bastando ao aluno "saber ler e escrever" e, portanto, sem reconhecimento pelo MEC. Leiam sobre isso na internet e verão que não é exagero. Até a propagandas dos cursos vêm carregadas de erros de ortografia.

Infelizmente, não dá para enveredar mais nesse assunto, que deveria ser tratado em um tópico exclusivo, pois tem muitos desdobramentos.

Se os colegas desejarem, abro uma discussão, já que possuo muitas anotações sobre o tema, pois acompanho com maior atenção todas as picaretagens que são feitas no meio evangélico.

Saudações Irreligiosas!

Comentário de Hideo Kamioto em 14 maio 2016 às 21:46

"... Certamente esse bizarro arremedo de ciência tem, além de outras desvantagens, a capacidade de, para pessoas mais desavisadas (que, infelizmente, são a maioria), emprestar um verniz de legitimidade a esses monstros da falta de caráter, mas acho que eles não seriam muito melhores sem ela."

Concordo plenamente com a sua frase, senhora Divina. Dizer que alguém é "formado em teologia" é uma falsa justificativa, para emprestar uma falsa autoridade a quem não a tem. A foto, no meu entender, tem um erro: nem todos os personagens apontados ali são teólogos por formação. Malafaia, por exemplo, é psicólogo, e tirando os católicos, os outros talvez nem formação tenham. E assim é com quase todos os pastores evangélicos.

Hoje se faz curso de "teologia" (???) até por correspondência, com direito a certificados e tudo o mais. Discute-se, com grandes diferenças entre defensores e opositores, se a teologia pode ser considerada ciência ou não. E há uma tendência a querer considerar que sim. Particularmente discordo e chancelo esta definição de teologia (existem muitas, até conflitantes):

Teologia é o estudo da existência de Deus, das questões referentes ao conhecimento da divindade, assim como de sua relação com o mundo e com os homens.

Ora, como estudar a existência de Deus e as questões referentes ao seu conhecimento, se não se provou que o objeto do estudo existe? Estudar o nada, o que não existe ou não se sabe se existe? Para mim não é ciência e sim uma técnica (discutível) de investigação com métodos próprios.  Nem que se diga que é uma ciência humana (não é uma ciência exata), que dispensa o rigor das técnicas de investigação científica, não se justifica. 

Uma "ciência" que estuda escatologia (fim dos tempos), angelologia (anjos), pneumatologia (Espírito Santo), não poderia ser considerada ciência porque estuda coisas subjetivas, que não existem ou não podem ser comprovadas. É um absurdo, um verdadeiro disparate querer considerar-se teologia como ciência. E ciência ou não, os pastores em quase sua totalidade não são teólogos porque jamais estudaram teologia. O que eles estudam são técnicas de influenciar e enganar pessoas, com base na Bíblia, transformando-se, isto sim, em charlatanólogos.

Está certa a Dona Divina: Teologia é um arremedo de ciência e se presta a papéis não muito nobres, como emprestar um verniz de legitimidade aos enganadores e exploradores da fé e dos desavisados.

 

Comentário de Divina de Jesus Scarpim em 14 maio 2016 às 19:30

Bem, sem discordar necessariamente do que está dito, eu meio que contestaria o fato de que, pelo menos a meu ver, o texto passa a impressão de que todas as pessoas que "se formam" em teologia se tornam manipuladores de mentes como esses personagens cujas simples imagens são capazes de estragar nosso almoço.

Não estou, e não estou mesmo, defendendo a teologia. Apenas tenho visto algumas pessoas que fizeram teologia e não são nem um pouco parecida com esses escrotos. Por conta disso, sou obrigada a manter minha opinião: 

Teologia não é ciência. É um absurdo existir faculdade de teologia como se ela realmente fizesse parte da gama de conhecimento que tem, graças aos seus progressos como objetos de pesquisa e análise lógica, seu lugar entre as ciências. 

Certamente esse bizarro arremedo de ciência tem, além de outras desvantagens, a capacidade de, para pessoas mais desavisadas (que, infelizmente, são a maioria), emprestar um verniz de legitimidade a esses monstros da falta de caráter, mas acho que eles não seriam muito melhores sem ela.

O que sinto é uma profunda pena das pessoas mais comuns, que estudam essa coisa achando, sinceramente, que estão estudando ciência. Daí acho que minha opinião acaba por bater mais com a do Thomas Paine mesmo.

Sobre

Badge

Carregando...

Leia Isto!

Traduzir para/Translate to:


Visualizações

contador de visitas online

Se esta é a sua 1ª visita ou se passou por aqui, mas não quis comentar nem publicar nada, assine o nosso livro de visitas!

Irreligiosos.ning.com website reputation

Recados Rápidos

 

 

Links Indicados

Sites da Rede DDD: . . . . . . .Logo Rede DDD Acessar links dos sites Baú do Inexplicado Outros:
visit Skeptic.com

Sociedade Racionalista

ComunidadeO Outro Lado das ReligiõesBULE VOADORInternet Infidels Visitar o Observatório

GeraLinks

Badges do Irreligiosos

Nosso badge no seu blog:

Link o Irreligiosos


(Clique aqui para saber como!)


Enquete Jesus Cristo


Sua opinião sobre Jesus Cristo:
Acesse o post de apoio;

----------------
Acesse a nossa página PESQ para responder à enquete.

 


Notícias Cristãs

Atenção: As notícias aqui divulgadas não são nossas recomendações e são veiculadas apenas para informar os últimos acontecimentos e eventos do cristianismo.

(Se a exibição falhar, não é culpa nossa e sim do Widget. Não se preocupem, elas voltam depois)

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias

Grupos

Principais Colaboradores

Abaixo, destacamos (em ordem alfabética) a 4ª lista dos nossos  mais eminentes e constantes colaboradores:

  • Alfredo Bernacchi
  • Assis Utsch
  • Carlos Dosivan
  • Divina J. Scarpim
  • Erijosé Oliveira
  • Gilberto Vieira
  • Jorge O. Almeida
  • Luísa L.
  • Márcia Zaros
  • Marilda Oliveira
  • Oiced Mocam
  • Paulo Luiz  
  • Paulo Rosas 
  • Rafael Rocha
  • Sergio M. Rangel

© 2018   Criado por Ivo S. G. Reis.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço