Irreligiosos

Se você não sabe, aceita e não questiona, embota-se e acaba virando crente.

Enquete do Irreligiosos sobre a existência de Cristo

- Eu realmente não creria nos Evangelhos, se a tanto não me visse obrigado pela autoridade da Igreja" (Sto. Agostinho) (*)

- A fábula de Cristo é de tal modo lucrativa que seria loucura advertir os ignorantes do seu erro (Papa Leão X) (*)

As discussões sobre a sua existência começaram já no final do século I da nossa era, antes mesmo de existir oficialmente o cristianismo: leigos, religiosos, autoridades eclesiásticas, exegetas e historiadores bíblicos, cientistas, ateus, agnósticos, filósofos, livres-pensadores, céticos e até integrantes de outras religiões não cristãs já discutiram o assunto ou deram - bem fundamentados ou não - uma "parpitada" sobre a questão. Houve também quem pensasse de uma maneira e depois voltasse atrás; quem simplesmente corrigiu seus conceitos e melhor os adequou; quem acreditou e depois se arrependeu e vice-versa. E a discussão continua até hoje, dentro e fora do meio religioso, com inúmeras hipóteses e teorias, a favor e contra a existência de Cristo.

É certo que o cristianismo é a religião com o maior número de adeptos no mundo (aproximadamente 1/3 da humanidade), distanciando-se, de longe, do islamismo a segunda colocada. E em números de hoje, se o ateísmo (englobando-se aí todas as correntes de pensamento contrárias à existência de deuses) fosse considerado como religião, ela seria a 4ª maior do mundo. E todos, cristãos, ateus e até coumunidades de religiões não cristãs, discutem Jesus Cristo, a maior mentira triunfante da humanidade. Digo triunfante, porque pode ser incluída no rol daquelas mentiras que prosperaram e passaram a soar como verdades. A própria Igreja Católica reconhece que Cristo é uma farsa, mas não a desfaz porque alega que é uma mentira que precisa ser sustentada, por ser benéfica para a humanidade (!!! para a humanidade ou para a Igreja?).

Não obstante saibamos que em nossa comunidade a maioria já tem a sua opinião formada, achamos oportuno recolocar a discussão porque observamos que, mesmo aqui, existem algumas leves divergências em relação ao que este personagem realmente é e o que ele ainda hoje representa. Em torno dele, montou-se um verdadeiro, próspero e promissor "mercado da fé". E para sustentá-lo, precisam fazer com que a mentira vire verdade(!!!) ou, pelo menos, pareça uma verdade difícil de ser desmentida. O que seria desse mercado se a sua principal mercadoria fosse extinta, declarada "imprópria para consumo" ou falsificada? Por isso, a mentira continua sendo sustentada, até hoje. Ela gera fabulosos e sempre crescentes lucros. Logo...

Diante de tudo isso, pedimos aos nossos esclarecidos colegas que respondam à enquete ao lado (clique aqui para acessar), com seis das mais conhecidas hipóteses sobre a existência de Cristo  e uma opção para quem não concorda ou não sabe responder. As opções podem, inclusive, ser combinadas duas a duas. Isto nos dará um termômetro do pensamento antirreligioso na nossa pequena comunidade e a enquete ficará permanentemente exposta para que os novos membros e até não-membros possam respondê-la. E para finalizar, esclarecemos que embora os votos não precisem ser justificados, eles podem ser comentados e, assim, justificar-se um voto ou criticar-se votos de terceiros.

Participem! Isto vai ser muito bom para nós e para todas as comunidades, religiosas ou antirreligiosas.

------------------------------------------------------------------------------------

(*) - Nota: Muitos religiosos lançam dúvidas sobre a autenticidade dessas frases, amplamente conhecidas, milhares de vezes citadas em livros e textos na internet. Como as vi referenciadas por vários autores sérios, de reconhecida autoridade e confiabilidade, achei desnecessário pesquisar sobre isto. Mas se alguém tiver dúvida, pode e deve pesquisar.

 

Exibições: 13889

Comentar

Você precisa ser um membro de Irreligiosos para adicionar comentários!

Entrar em Irreligiosos

Comentário de Erijosé Oliveira em 15 fevereiro 2013 às 21:01

Carlos, independente se ele foi adulterado ou não o novo testamento é um livro histórico. Ele serve como evidencia para estudos históricos e comprovar as veracidades dos fatos.

Comentário de Erijosé Oliveira em 15 fevereiro 2013 às 20:27

Eu tenho uma interessante pergunta para tirar uma dúvida:

Se ninguém tem certeza que Jesus não existiu  qual seria o problema para o ateísmo se ele existiu?

Jesus Cristo é uma ameaça para o ateísmo?

E se Jesus existiu e foi mistificado sem nada ser verdade o que ele fez?

Porque Razão os céticos se preocupam com a existência de Jesus se é mais fácil admitir que ele foi mistificado como qualquer outro santo que fez milagre e foi considerado santo pela igreja católica?

Comentário de carlos anderson rodrigues em 15 fevereiro 2013 às 20:25

Olha pessoal eu sempre soube que os evangelhos é um livro histórico apesar de ele não ser considerado um livro confiável e uma fonte que prove exatamente a existência de Jesus Cristo, mas ele é um livro religioso que faz parte da história de um povo que viveu a 2000 mil anos atrás.

Faz parte da história desse povo verdadeiramente,mas devemos ter em mente que esses livros foram adulterados em quase sua totalidade pela igreja catolica.No ano zero tinha centenas de evangelhos que foram destruidos pela igreja .O velho testamento tem muito mais credibilidade que este porque não teve jeito da igreja catolica adulera-los senão tinham feito isso tambem.o novo testamento cita fatos falsos atribuidos ao velho como por exemplos profecias.Em lugar nenhum do v. t. falasse em jesus Cristo e as professias atribuidas a ele no velho t.quando voce conferi vê que nada tem a ver com o messias.

Comentário de Erijosé Oliveira em 15 fevereiro 2013 às 20:19

Em minha opinião segundo fontes por mim pesquisadas, é mais lógico admitir que Jesus existiu e foi mistificado do que afirmar que ele não tenha existido. Criar um fantasminha para ser adorado diante de um poder romano que correu atrás das verdades a respeito deste Jesus é porque eles queriam levar a coisa a sério. Existiam na época muitos documentos sobre Jesus Cristo, mas o concílio levou a sério para determinar quais os livros que fariam parte da veracidade sobre Jesus de Nazaré. Foram escolhidos apenas 27 livros para compor a história de um personagem que existiu e deixou de fora muitos livros que supostamente falavam mentiras. Será que o governo Romano não tomou conhecimento de tal existência do personagem?

Comentário de Erijosé Oliveira em 15 fevereiro 2013 às 20:02

Olha pessoal eu sempre soube que os evangelhos é um livro histórico apesar de ele não ser considerado um livro confiável e uma fonte que prove exatamente a existência de Jesus Cristo, mas ele é um livro religioso que faz parte da história de um povo que viveu a 2000 mil anos atrás.

Olá Viviane!

A pergunta mostra tua preocupação em entender o que esta escrito nos livros Bíblicos. Na pergunta sobre qual o livro histórico do Novo Testamento, podemos notar que já num primeiro momento da leitura queres ter o conhecimento do que se trata o livro. Sem dúvida isto é muito importante. Porque se lemos uma carta ela tem estrutura própria, não é longa e contém ensinamentos determinados. Se for um livro histórico os relatos tem formas próprias de serem narrados e entendidos. Assim dos 27 livros do Novo Testamento, temos quatro Evangelhos (Mateus Marcos Lucas e João), 21 cartas, um livro profético o Apocalipse e os Atos dos Apóstolos (considerado como um livro Histórico).

http://www.abiblia.org/ver.php?id=2596

Comentário de Ivani de Araujo Medina em 15 fevereiro 2013 às 14:24

É isso aí, grande Gil!

Comentário de Gilberto Vieira de Sousa em 15 fevereiro 2013 às 13:53

Ivani, aprovo com todas as letras o "Viva Nós! - Escrito em letra maiúscula para dar mais enfase...

Comentário de Ivani de Araujo Medina em 15 fevereiro 2013 às 13:38

Caro Gilberto

“Ivani, você disse: "Ninguém aqui é idiota de pensar que um crente vai dar o braço a torcer, do tipo: “Ok, você venceu”."

Discordo de você e aqui mesmo no fórum temos o exemplo de um ex pastor que concordou que nós estávamos com razão e depois de interagir conosco é que ele teve a certeza de largar o ministério e parar de enganar as pessoas.”

Obrigado pela correção. Eu desconhecia o fato e a grata satisfação da confirmação de um ótimo serviço prestado. Mas você me entendeu. A diversidade de pontos de vistas aqui é para mim a nossa maior riqueza além dos conhecimentos desenvolvidos. Viva nós!

Abraço

Comentário de Gilberto Vieira de Sousa em 15 fevereiro 2013 às 10:49

Erijosé, eu já duvidei de alguns argumentos do Ivani e do Ivo.

Pedi aos mesmos textos de referencia e estes foram mostrados prontamente.

Fui eu mesmo verificar se não estavam dando interpretações distorcidas para beneficiar seus argumentos. Verifiquei que não, ou seja, eles estavam com a razão.

Não sei a sua idade, mas o Ivani deve ter mais dias de estudos e pesquisas que você de vida.

O Sabino é crente evangélico e sua participação no forúm é exemplar, pois ele contesta e pede esclarecimentos, quando possível ele contesta os novos argumentos, quando não é possível, ele aprende com as respostas, ou seja, ele está evoluindo em informações e formando uma opinião muito mais sólida a respeito da existência ou não de Jesus.

Em um futuro próximo, duas coisas podem acontecer com o Sabino: Ou ele se convence da não existência de Jesus, ou terá fortalecido muito sua fé.

Não adianta desafiar o Ivani a apresentar provas da inexistência de Jesus, pois se Jesus tivesse existido, seria mais fácil você apresentar as provas desta existência.

Dizem que no passado existiu um cara que se auto intitulava D. Pedro I, prove que ele existiu. Percebe a diferença?

Ivani, você disse: "Ninguém aqui é idiota de pensar que um crente vai dar o braço a torcer, do tipo: “Ok, você venceu”."

Discordo de você e aqui mesmo no fórum temos o exemplo de um ex pastor que concordou que nós estávamos com razão e depois de interagir conosco é que ele teve a certeza de largar o ministério e parar de enganar as pessoas.

Ivo, continuo achando que o Erijosé não tem certeza de nada e veio participar deste fórum em busca de auto afirmação.

Comentário de Ivo S. G. Reis em 15 fevereiro 2013 às 9:54

Erijosé:

Você não me respondeu, mas eu vou responder e contestar seus últimos argumentos. Veja o que vc disse:

(...) se outros intelectuais da história acreditam que ele possa ter existido.

Voltou com o "possa ter existido", que não revela porcaria nenhuma, a não ser incertezas, e falou em "intelectuais da história". Que história? A dos Evangelhos? Evangelhos são fontes teológicas e não históricas, ainda mais esses do cristianismo. E qual foi o historiador sério e sem texto adulterado que afirmou e provou que o JC existiu? Que eu saiba nenhum. Você poderia me dizer qual?

Estamos esperando, do, do, do.

Paulo Rosas:

Comentei hoje aquele seu texto sobre OVNIs, que não tinha lido. Volte àquele post!

Saudações Irreligiosas!

 

Em tempo: Erijosé, evite usar o negrito para todo o corpo do texto e principalmente no título principal da matéria (o site já possui formatação própria). Use-o só para os destaques. Isso não é recomendável em nenhum blog ou rede social (leia instruções em nossos "Termos de Serviço"). Não precisa se preocupar em que não o identifiquem. Seu avatar "Jesus Cristo" é inconfundível, como o seria o do Batman ou do Homem-Aranha . Grato!

Sobre

Badge

Carregando...

Leia Isto!

Traduzir para/Translate to:


Visualizações

contador de visitas online

Se esta é a sua 1ª visita ou se passou por aqui, mas não quis comentar nem publicar nada, assine o nosso livro de visitas!

Irreligiosos.ning.com website reputation

Recados Rápidos

 

 

Links Indicados

Sites da Rede DDD: . . . . . . .Logo Rede DDD Acessar links dos sites Baú do Inexplicado Outros:
visit Skeptic.com

Sociedade Racionalista

ComunidadeO Outro Lado das ReligiõesBULE VOADORInternet Infidels Visitar o Observatório

GeraLinks

Badges do Irreligiosos

Nosso badge no seu blog:

Link o Irreligiosos


(Clique aqui para saber como!)


Enquete Jesus Cristo


Sua opinião sobre Jesus Cristo:
Acesse o post de apoio;

----------------
Acesse a nossa página PESQ para responder à enquete.

 


Notícias Cristãs

Atenção: As notícias aqui divulgadas não são nossas recomendações e são veiculadas apenas para informar os últimos acontecimentos e eventos do cristianismo.

(Se a exibição falhar, não é culpa nossa e sim do Widget. Não se preocupem, elas voltam depois)

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias

Grupos

Principais Colaboradores

Abaixo, destacamos (em ordem alfabética) a 4ª lista dos nossos  mais eminentes e constantes colaboradores:

  • Alfredo Bernacchi
  • Assis Utsch
  • Carlos Dosivan
  • Divina J. Scarpim
  • Erijosé Oliveira
  • Gilberto Vieira
  • Jorge O. Almeida
  • Luísa L.
  • Márcia Zaros
  • Marilda Oliveira
  • Oiced Mocam
  • Paulo Luiz  
  • Paulo Rosas 
  • Rafael Rocha
  • Sergio M. Rangel

© 2018   Criado por Ivo S. G. Reis.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço