Irreligiosos

Se você não sabe, aceita e não questiona, embota-se e acaba virando crente.

Nós somos a mais estranha de todas as aves.

.

Isso. . . Somos nós mesmos a lendária Fenix.

.

Levamos, de duas a três eras, para ter condições de alçar nosso primeiro vôo, porém, no exato momento em que vamos fazê-lo, nos destruímos, a nós mesmos, com nosso próprio fogo, para renascer de nossas próprias cinzas. . . Mais duas ou três eras para voltarmos a ter condições e voar e, então, outra e outra e outra e outra vez, nos destruirmos, novamente, em nosso próprio fogo, no exato momento em que iríamos abrir nossas asas para voar.

.

Se olharmos a natureza, veremos que todos aceitam as coisas exatamente como elas são; . . . menos nós. . . Todos assumem suas responsabilidades para com a vida; . . . menos nós. . . Ninguém delega suas próprias responsabilidades, menos nós. Ninguém conta com a ajuda de seres mágicos ou mitológicos, menos nós. Ninguém se acha especial, menos nós.

.

Quando é que, finalmente, vamos ter essa simples percepção de que, absolutamente, não estamos aqui para sermos ajudados!? . . . Não estamos aqui para sermos aconselhados! . . . Não estamos aqui para sermos curados! . . . Não estamos aqui, enfim, para sermos mimados ou amparados, ou guiados por qualquer deus que seja!

. . .

Não perceberam ainda!!?? . . . NINGUÉM VIRÁ NOS AJUDAR!! Estamos aqui para nos virarmos sozinhos, sob nossa responsabilidade e por nossa conta! . . . TODA A NATUREZA NOS DIZ ISSO!! Não importa quantos livros sagrados queiramos escrever!! Não importa quantos deuses queiramos inventar! Vamos, apenas, mais uma vez, nos queimar em nosso próprio fogo! Vamos nos destruir, no exato momento em que podíamos voar! . . .

.

A lendária, estranha e mitológica Fênix, não existe e nunca existiu. . .

.

Somos nós mesmos! Então, somos nós mesmos! Só inventaram essa figura, grotesca, estranha e propositadamente irreal, para tentar explicar algo que está sempre acontecendo e, na esperança de que, algum dia, acordemos todos e nos vejamos todos como uma única espécie: a espécie humana. SEM QUALQUER OUTRA DROGA DE DISTINÇÃO.

.

Estamos aqui para encararmos as coisas exatamente como elas são; para nos virarmos sozinhos, para sobrevivermos sozinhos, amadurecermos sozinhos e, eventualmente, ainda, conseguirmos ter condições técnicas de levar toda essa diversidade de vida, que temos aqui, para algum outro lugar, numa possível emergência.

.

Esse seria no nosso papel, na eventual preservação da diversidade da vida.

.

Nós somos o recurso. Nós somos a chance. Nós mesmos é que teremos de fazer isso.

.

Pode ser que ainda possamos nos destruir mais uma vez e condenar nossos filhos a mais uns 5000 ou 6000 anos de incertezas, quando, possivelmente, novamente terão condições de voar.

.

Mas entendam, de uma vez por todas: ainda que exista algum deus, ele JAMAIS virá nos ajudar, em absolutamente nada! Esqueçam todos os livros sagrados! Olhem a droga da natureza! . . . Ela é o verdadeiro livro! . . . Ela é a verdadeira mensagem! . . . É dela que precisamos cuidar! . . . É ela que precisamos preservar! . . . Ainda é a nossa única fonte de informação que tem, de fato, alguma procedência, alguma ligação com o restante do universo!

.

Peço encarecidamente, a todos, que atendam a esse apelo. Abandonem suas respectivas religiões e comecem a amadurecer e a se comportar como humanos. Comecem a se comportar com humanidade. Abram as portas de suas mentes para a realidade das coisas como elas realmente são e comecem a ler, agora, o grande livro da natureza e do universo. O verdadeiro livro da vida.

.

Ou crescemos e amadurecemos como seres humanos, partilhando, indistintamente, a mesma generosidade para com todos, ou vamos nos autodestruir, mais uma vez, em nosso próprio fogo e, mais uma vez renascer das cinzas, é claro, para mais outra longa jornada.

Sergio Mesquita Rangel.

Livre reprodução.

Exibições: 71

Comentar

Você precisa ser um membro de Irreligiosos para adicionar comentários!

Entrar em Irreligiosos

Comentário de SERGIO MESQUITA RANGEL em 28 agosto 2016 às 8:41

A religião do cogumelo.

Comentário de Divina de Jesus Scarpim em 26 agosto 2016 às 21:50

Caro Sergio, não sei se concordo muito com sua teoria de que somos fenix que se destroem e renascem das próprias cinzas.

Confesso que minha primeira restrição a essa ideia é totalmente indefensável racionalmente uma vez que é puramente estática. As fênix, pelo que já vi desse ser mitológico, são aves lindíssimas que têm um canto maravilhoso e propriedades mágica. Posso estar enganada, claro, mas acho que não chegamos nem perto de sermos lindíssimos, não temos cantos maravilhosos e menos ainda propriedades mágica.

Somos tremendamente inferiores [no mal e no bem] aos seres superiores que conseguimos criar em nossa imaginação, a fênix não é exceção a essa regra.

Mexendo um bocadinho com o que você disse em um trecho do seu texto, eu diria que é verdade: Não estamos aqui para sermos ajudados . . . exceto por nós mesmos e nossos iguais. Não estamos aqui para sermos aconselhados . . . exceto por nós mesmos e nossos iguais. Não estamos aqui para sermos curados . . . exceto por nós mesmos e nossos iguais. E não mesmo, não estamos aqui para sermos mimados ou amparados, ou guiados por qualquer deus que seja! Só nós, como raça, podemos mimar, amparar ou guiar a nós mesmos. Como raça e como indivíduos.

Acho que é extremamente importante que a gente procure ensinar e aprender essa verdade para que consigamos tornar realidade essa linda esperança que você colocou no seu texto: A esperança de que "algum dia acordemos todos e nos vejamos todos como uma única espécie: a espécie humana. Sem qualquer outra droga de distinção". Sério, ADOREI essa frase!

Quanto a esse outro trecho do seu texto:

"Olhem a droga da natureza! . . . Ela é o verdadeiro livro! . . . Ela é a verdadeira mensagem! . . . É dela que precisamos cuidar! . . . É ela que precisamos preservar! . . . Ainda é a nossa única fonte de informação que tem, de fato, alguma procedência, alguma ligação com o restante do universo!"

A esse trecho eu acrescentaria com destaque, mas "um destaque com destaque" tão grande e imprescindível que sem esse detalhe fundamental, para mim, todo o resto se torna muitíssimo menos importante. Com esse detalhe o trecho pode ficar assim: 

"Olhe para o outro, olhe para si mesmo! ... Você é a natureza! ... O outro é a natureza! ... Você-o-outro é parte visível e integrante da natureza! ... Olhe a droga da natureza-o-outro-e-você! . . . Ela-o-outro-e-você é o verdadeiro livro! . . . Ela-o-outro-e-você é a verdadeira mensagem! . . . É dela-do-outro-e-de-você que precisamos cuidar! . . . É ela-o-outro-e-você que precisamos preservar! . . . A natureza-o-outro-e-você é a nossa única fonte de informação que tem, de fato, alguma procedência, alguma ligação com o restante do universo!"

Esse ser chamado ela-o-outro-e-você é um ser único, um ser que é a mescla de suas partes. ESSE é o ser que merece e deve ter a atenção e o cuidado de cada um de nós.

Tendo essa afirmação em mente, quando você pede "encarecidamente, a todos, que atendam a esse apelo [...] Comecem a se comportar com humanidade. Essa "humanidade" da qual você fala adquire um sentido mais completo. O sentido de natureza real.

Desculpe, acho que posso ter falado demais, e talvez de forma muito confusa...

Comentário de SERGIO MESQUITA RANGEL em 14 agosto 2016 às 19:47
Comentário de Paulo Rosas Moreira em 14 agosto 2016 às 10:52

Sergio Mesquita Rangel !

Bem acertada sua análise sobre a Fênix mitológica.

É o fogo serpentino, o fogo que se regenera com a criação de um novo ser humano,  é o fogo fálico, é varinha mágica das fadas, capaz de criar e criar, sempre renovando a vida.

Saudações irreligiosas

Sobre

Badge

Carregando...

Leia Isto!

Traduzir para/Translate to:


Visualizações

contador de visitas online

Se esta é a sua 1ª visita ou se passou por aqui, mas não quis comentar nem publicar nada, assine o nosso livro de visitas!

Irreligiosos.ning.com website reputation

Recados Rápidos

 

 

Links Indicados

Sites da Rede DDD: . . . . . . .Logo Rede DDD Acessar links dos sites Baú do Inexplicado Outros:
visit Skeptic.com

Sociedade Racionalista

ComunidadeO Outro Lado das ReligiõesBULE VOADORInternet Infidels Visitar o Observatório

GeraLinks

Badges do Irreligiosos

Nosso badge no seu blog:

Link o Irreligiosos


(Clique aqui para saber como!)


Enquete Jesus Cristo


Sua opinião sobre Jesus Cristo:
Acesse o post de apoio;

----------------
Acesse a nossa página PESQ para responder à enquete.

 


Notícias Cristãs

Atenção: As notícias aqui divulgadas não são nossas recomendações e são veiculadas apenas para informar os últimos acontecimentos e eventos do cristianismo.

(Se a exibição falhar, não é culpa nossa e sim do Widget. Não se preocupem, elas voltam depois)

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias

Grupos

Principais Colaboradores

Abaixo, destacamos (em ordem alfabética) a 4ª lista dos nossos  mais eminentes e constantes colaboradores:

  • Alfredo Bernacchi
  • Assis Utsch
  • Carlos Dosivan
  • Divina J. Scarpim
  • Erijosé Oliveira
  • Gilberto Vieira
  • Jorge O. Almeida
  • Luísa L.
  • Márcia Zaros
  • Marilda Oliveira
  • Oiced Mocam
  • Paulo Luiz  
  • Paulo Rosas 
  • Rafael Rocha
  • Sergio M. Rangel

© 2017   Criado por Ivo S. G. Reis.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço