Irreligiosos

Se você não sabe, aceita e não questiona, embota-se e acaba virando crente.

A VERDADEIRA HISTÓRIA DE JESUS CRISTO

(A matéria abaixo nos foi enviada pelo nosso filiado Anibal Werneck de Freitas, o autor. Estamos apenas dando publicação, a seu pedido).

A respeito da vida desconhecida de Jesus, e põe desconhecida nisso, como professor de História, tenho sempre procurado uma fonte fidedigna [aliás este é o principal trabalho do historiador] ligada ao homem que veio para nos salvar e, até agora, nada. É aquela frase, Uma mentira falada muitas vezes acaba se transformando numa verdade, Portanto, se Jesus existiu, acredito mais numa hipótese de que existiram muitos, a começar pelo nome que era muito comum na Galileia e pela grande quantidade de judeus contrários à ocupação romana, muitos deles saíam pregando por todos os cantos a conivência dos sacerdotes judeus com os romanos [estes revoltados eram dissidentes no judaísmo e pertenciam à seita dos essênios] e, deste modo, falavam de um mundo novo, onde judeus e não - judeus seriam todos iguais perante a Deus, eles perturbavam mais os sacerdotes das sinagogas do que propriamente os romanos, mas, quando começavam a criar problemas para ordem social, e, por não serem cidadãos romanos, acabavam sempre condenados a morrerem na cruz, era a pena de morte comum a todos aqueles que não eram cidadãos romanos [a pena de morte do cidadão romano era a decapitação], sendo assim, a Igreja simplesmente pegou um desses perturbadores da ordem romana e assim o transformou no Jesus Cristo que conhecemos hoje.
Na verdade, nenhum historiador desta época fala de um homem como Jesus, fala sim, de homens que viviam pregando novas ideias e por detrás delas, uma insurreição contra a dominação romana, os condenados à morte eram tantos, que o governador chegava a crucificar dezenas deles, em apenas um dia, para dar conta do serviço, portanto, a história do Jesus que conhecemos foi escrita por são João meio século depois, o autor do Apocalipse, como um protesto à dominação romana, mais político que religioso e, assim, a partir daí, a Igreja de maneira inteligente começou a desenhar a figura do Cristo através dos seus famosos copistas, monges que tinham a única função de copiar velhos manuscritos e assim, acrescentando coisas mirabolantes a eles além das iluminuras, tudo segundo à ordem eclesiástica. Dou como exemplo do que estou afirmando, a inscrição INRI [Iesus Nazarenus Rex Iudeorum] que é uma farsa, porque os romanos não escreviam nada nas cruzes, é tudo invenção, confesso que tiro o chapéu para a criatividade da pessoa que bolou isso, Jesus Nazareno Rei dos Judeus, matou a pau, portanto, esta é as Verdadeira História de Jesus Cristo.

Anibal Werneck de Freitas.

Exibições: 3566

Tags: Irreligiosos e Jesus Cristo, Jesus Cristo, cristianismo

Comentar

Você precisa ser um membro de Irreligiosos para adicionar comentários!

Entrar em Irreligiosos

Comentário de Gilberto Vieira em 28 fevereiro 2012 às 16:09

Rodrigo, se fosse os ensinamentos de Paulo o responsável pela visão distorcida que temos hoje de Jesus, então o que justifica os judeus nunca terem aceito Jesus como messias, já que estes não poderiam ter sido influenciados por paulo.

Comentário de rodrigo kmikaze em 28 fevereiro 2012 às 13:31

Se o apóstolo paulo Existiu não sei, mas pela "sua obra" descrita, dou-lhe culpa pelo o que é o cristianismo hoje.....  então, deveria se chamar "Paulinismo" e não cristianismo.....

Para o autêntico cristão essênio não há espaço para a filosofia de Paulo e sua gnose, que não é a mesma dos ebionitas (grupo de Jesus). É possível, pelas escrituras conhecidas, pinçar alguns fatos que evidenciam as intrigas entre Saulo e os apóstolos de Cristo. Para os ebionitas Paulo jamais foi apóstolo do Mestre, título esse concedido por ele próprio ou por seus discípulos.
Para Paulo a igreja deveria expandir a qualquer preço, até mesmo minimizar a função da mulher na igreja, aceitar o machismo regente e justificar a escravidão e submissão da massa, ato totalmente condenado pelos essênios, alem de outros fatos de real importância para a doutrina cristã como permitir que seus seguidores comessem carne e não observassem a lei, nota-se aí uma outra doutrina, que não a do Mestre.
O fato é que os verdadeiros apóstolos haviam recebido instrução direta do Mestre e coroaram-se na espiritualidade no dia do pentecoste, recebendo a língua de fogo do Espírito Santo, e mais ensinamentos de Yahshua que não caberiam em dezenas de livros, como relata João, o evangelista.
É de suma importância relatar esses fatos, pois foi o ensinamento Paulino que prevaleceu até os dias de hoje, ignorando o Serviço Sagrado que Yahushua e seus discípulos pretendiam revelar ao mundo, mesmo que de maneira mais lenta, mas com a profundidade merecida, já que a proposta era transformação interna de cada indivíduo para depois viver a fraternidade humana. Foram séculos de sanguinárias batalhas em nome de DEUS, de abuso das autoridades eclesiásticas e seu modelo teocrático implantado nas nações . com seus falsos e oportunistas concílios , interpolações bíblicas e escolha tendenciosa de textos, que regeram a espiritualidade por 2000 anos.

Comentário de Fernando Trindade Faria Salgado em 27 fevereiro 2012 às 20:08

" Uma mentira dita muitas e muitas vezes torna-se uma verdade ", isto configura a falácia do tipo: Ad Nauseam, muito utilizadas pelos religiosos e leigos em Lógica e falácias... 

Comentário de Gilberto Vieira em 14 fevereiro 2012 às 21:46

Gostei do texto, porém O historiador judeu Flávio Josefo, escreveu sobre Jesus em sua obra "Antiguidades Judaicas" , por volta do ano 95 dC, ou seja, era contemporaneo desta história, escreveu alguma coisa sobre um tal Jesus da galileia, que pregava aos grupos judeus da época.

Era mais político que outra coisa, mas por esta mesma razão é que incomodava os romanos que, segundo o que li e foi atribuído a Josefo, foi o motivo da condenação à morte, para que se evitasse uma insurgência política.

Justino de Tiberíade historiador hebreu nascido na Galileia e falecido por volta de 100 d.C., escreveu também uma história, em grego, onde trata dos mesmos detalhes, mesmos lugares, mesmos diálogos, mas em nenhum momento cita o nome ou a pessoa Jesus.

Infelizmente, minha ferramenta de pesquisa é a internet e nela, como sabemos, encontramos muito material tão adulterado quanto as escrituras que vieram a se tornar a bíblia que conhecemos.

A igreja católica, fundada por Roma durante o concilio de Niceia, foi elaborada como ferramenta de manipulação das massas, com um estudo tão bem elaborado que, até os dias de hoje, ainda manipulam milhares de pessoas, sendo também responsável pela reforma protestante, onde Calvino e Lutero perceberam que poderiam também manipular e conquistar riqueza e poder através da "doutrina do carpinteiro".

No texto acima um detalhe me chamou a atenção: Porque o historiador chama o apostolo joão de São João, sendo que apena a igreja de Roma o chama assim.

Acredito que um historiador sem influencias religiosas não cometeria este deslise.

Opinião minha, e é claro que posso estar enganado.

Um grande abraço

Comentário de carlos augusto taconi em 7 fevereiro 2012 às 21:33

É uma grande possibilidade, tenho certeza que Jesus foi inventado pela igreja para dominar a população e obter grandes poderes, afinal o povo da época (e infelizmente muitos de hoje) tinha uma cultura voltada para a religião. Gostei do texto.

Sobre

Badge

Carregando...

Leia Isto!

Traduzir para/Translate to:


Visualizações

Se esta é a sua 1ª visita ou se passou por aqui, mas não quis comentar nem publicar nada, assine o nosso livro de visitas!

 

Irreligiosos.ning.com website reputation

Recados Rápidos

 

 

Links Indicados

Sites da Rede DDD: . . . . . . .Logo Rede DDD Acessar links dos sites Baú do Inexplicado Outros:
visit Skeptic.com

Sociedade Racionalista



ComunidadeO Outro Lado das ReligiõesBULE VOADORInternet Infidels Visitar o Observatório
Acessar

GeraLinks

Badges do Irreligiosos

Nosso badge no seu blog:

Link o Irreligiosos


(Clique aqui para saber como!)


Enquete Jesus Cristo


Sua opinião sobre Jesus Cristo:
Acesse o post de apoio;

----------------
Acesse a nossa página PESQ para responder à enquete.

 


Notícias Cristãs

Atençao: As notícias aqui divulgadas não são nossas recomendações e são veiculadas apenas para informar os últimos acontecimentos e eventos do cristianismo.

(Se a exibição falhar, não é culpa nossa e sim do Widget. Não se preocupem, elas voltam depois)


Get Your News Widget

Grupos

Principais Colaboradores

Abaixo, destacamos (em ordem alfabética) a 4ª lista dos nossos agora "12 Mais (tivemos de mudar de 10 para 12, por maior justiça):"

  • Alfredo Bernacchi
  • Assis Utsch
  • Divina J. Scarpim
  • Gilberto Vieira
  • Jorge O. Almeida
  • Luísa L.
  • Márcia Zaros
  • Marilda Oliveira
  • Oiced Mocam
  • Paulo Rosas 
  • Paulo Luiz 
  • Sergio M. Rangel
  • T. P. Sigurd

 

© 2014   Criado por Ivo S. G. Reis.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço