Irreligiosos

Se você não sabe, aceita e não questiona, embota-se e acaba virando crente.

 

Livre arbítrio não existe. E se existir é apenas para o algoz. Digo assim porque isso está mais do que evidenciado em qualquer relação entre agressor e agredido. A vítima não tem opção, não há como se esquivar, não tem o direito de “escolher” entre ser ou não ser vítima; uma vez nas mãos do algoz não há livre arbítrio para ela. Só o agressor pode escolher matar ou não matar, ferir ou não ferir, estuprar ou não estuprar, a vítima não tem nenhuma escolha. O que tem acontecido muito ultimamente, pelo menos aqui no Brasil e com relação às minorias estigmatizadas, como gays, mulheres, travestis, negros, menores abandonados, é que, hipocritamente, muitas pessoas em suas falas têm atribuído à vítima a responsabilidade por ter sido agredida. Há até um post no Facebook com uma frase mais ou menos assim: “Assaltado por sair de casa à noite. Estuprada por usar saia curta. Espancado por ser gay. Se não fosse pelas vítimas o mundo não seria tão violento”. Achei a ironia perfeita!

Exibições: 1173

Comentar

Você precisa ser um membro de Irreligiosos para adicionar comentários!

Entrar em Irreligiosos

Comentário de Paulo Rosas Moreira em 10 junho 2014 às 10:14

Divina de Jesus Scarpim ! Vou publicar um link, da revista HypeScience, publicado hoje sobre o sua postagem o Livre Arbítrio:

http://hypescience.com/livre-arbitrio-ilusao-ou-realidade/?utm_sour...

Vejamos o que dizem e quais as opiniões a respeito.

Saudações irreligiosas.

Comentário de Erijosé Oliveira em 5 junho 2014 às 23:23

Vai com Deus.

Comentário de Divina de Jesus Scarpim em 5 junho 2014 às 21:13

Acho que um denominador comum com você não é possível, Erijosé, me desculpe mas para mim não dá mais... essa conversa em círculos e teimosia não leva a nada. Continue acreditando e seja feliz, mas racionalizar sua crença não faz parte dos meus desejos nem da minha disposição. Se você um dia quiser questionar seu deus, terá todo meu apoio, mas ficar tentando argumentar com essa defesa insana eu não fico mesmo. Tô fora!

Comentário de Erijosé Oliveira em 5 junho 2014 às 9:41

Este assunto Jesus é tão apreciável que já mudamos até o discurso do tópico. Eu quando abro uma discussão para um debate procuro focalizar e insistir num mesmo assunto até que todos cheguemos um denominador comum.

Comentário de Divina de Jesus Scarpim em 3 junho 2014 às 20:52

Acho que não adianta. Erijosé é um caso perdido.

Comentário de Erijosé Oliveira em 1 junho 2014 às 12:53

Eu não disse que mistificar alguém é algo que se torna verdadeiro. O que torna verdadeiro é a presença do personagem que foi mistificado. Jesus foi mistificado e não seria um mito inventado.(Mítico)

Comentário de Ivo S. G. Reis em 1 junho 2014 às 12:35

Chiiii, Erijosé, meteu os pés pelas mãos de novo e não entendeu nada do que a Lilian tentou lhe explicar. Agora usou a palavra MÍSTICO, confundindo-a com a palavra MÍTICO. Fez pior e disse:

"[..]No caso de místico é aquele homem que teve presença histórica." (???) (grifos meus)

Assim não dá. Então, segundo você, tudo o que é "místico" é porque é verdadeiro e sendo assim tudo o que se refere ao misticismo é verdade. Ora, tenha a santa paciência, Erijosé. Pense antes de falar um absurdo desses. Entenda de uma vez:

MÍSTICO: o praticante de misticismo ou o que se refere ao misticismo (crenças em coisas espirituais, paranormais e sobrenaturais)

MÍTICO: Aquilo que se refere aos mitos (que, suponho, você já saiba o que é)

E você sabe porque a teoria do Cristo mítico, bem como o ateísmo, só começaram a surgir a partir do final do século XVII? Porque antes não dava, Erijosé. A Igreja controlava e dominava tudo, existia a Inquisição e quem falasse contra o cristianismo corria risco de morte e, quando não morria, era condenado, preso, perseguido. Em pleno final do século XVII e até princípios do século XVIII existia, na Inglaterra, decretos governamentais, punindo com pena de morte que se atrevesse a falar contra o cristianismo. Por isso, a teoria do "Cristo Mítico" só começou do século XVIII em dante.

O próprio ateísmo e os seus fundamentos só começaram a existir a partir do século XVIII, já que por mais de 1500 anos só a igreja detinha e controlava a informação, punindo com mão de ferro os detratores do cristianismo. Por isso, ninguém protestava. É difícil de entender isso?

Thomas Paine, falecido em 1899, autor do livro "A Idade da Razão" e "O Senso Comum", brilhante pensador e que nem se definia como ateu, só porque condenou o cristianismo e seus preceitos, teve seus livros perseguidos e até hoje ninguém sabe onde está o seu corpo. No lugar em que se afirma ele teria siso enterrado, não existe corpo nem túmulo (obra da Igreja:?).

É isso, Erijosé. Saia da Bíblia e estude mais a história e a filosofia.

Comentário de Erijosé Oliveira em 1 junho 2014 às 11:16

Divina não se pode provar a inexistência de algo quando não temos absolutas provas se este algo realmente não existiu. 

Comentário de Divina de Jesus Scarpim 

Erijosé, me desculpe, mas que parte do NÃO SE PODE PROVAR A INEXISTÊNCIA DE NADA você não entendeu?

Comentário de Erijosé Oliveira em 1 junho 2014 às 11:11

Existem dois argumentos quanto a Jesus Cristo.

No caso de Mítico ele só veio a existência no século 19.

No caso de místico é aquele homem que teve presença histórica.

Jesus em sua época não foi mitificado, mas poderíamos afirmar que ele foi mistificado. A teoria do Jesus mitificado só veio agora recentemente. Portanto se existe a teoria hoje de um Jesus mistificado é porque ele de fato pode ter existido. Jesus não poderia ser mistificado e mitificado ao mesmo tempo. Ou ele foi mitificado ou foi mistificado. Mistificado é porque existiu e mitificado não teve existência.

Comentário de Paulo Rosas Moreira em 31 maio 2014 às 18:37

Lilian Sokorowa !

Brilhante observação a sua  companheira.

Essa sua observação ajuda a todos nós, que por vezes escorregamos, como se diz jocosamente, na maionese, e nessa o Erijosé,  está patinando até agora (rsrsrs), mas acontece.

Saudações irreligiosas.

Sobre

Badge

Carregando...

Leia Isto!

Traduzir para/Translate to:


Visualizações

contador de visitas online

Se esta é a sua 1ª visita ou se passou por aqui, mas não quis comentar nem publicar nada, assine o nosso livro de visitas!

Irreligiosos.ning.com website reputation

Recados Rápidos

 

 

Links Indicados

Sites da Rede DDD: . . . . . . .Logo Rede DDD Acessar links dos sites Baú do Inexplicado Outros:
visit Skeptic.com

Sociedade Racionalista

ComunidadeO Outro Lado das ReligiõesBULE VOADORInternet Infidels Visitar o Observatório

GeraLinks

Badges do Irreligiosos

Nosso badge no seu blog:

Link o Irreligiosos


(Clique aqui para saber como!)


Enquete Jesus Cristo


Sua opinião sobre Jesus Cristo:
Acesse o post de apoio;

----------------
Acesse a nossa página PESQ para responder à enquete.

 


Notícias Cristãs

Atenção: As notícias aqui divulgadas não são nossas recomendações e são veiculadas apenas para informar os últimos acontecimentos e eventos do cristianismo.

(Se a exibição falhar, não é culpa nossa e sim do Widget. Não se preocupem, elas voltam depois)

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias

Grupos

Principais Colaboradores

Abaixo, destacamos (em ordem alfabética) a 4ª lista dos nossos  mais eminentes e constantes colaboradores:

  • Alfredo Bernacchi
  • Assis Utsch
  • Carlos Dosivan
  • Divina J. Scarpim
  • Erijosé Oliveira
  • Gilberto Vieira
  • Jorge O. Almeida
  • Luísa L.
  • Márcia Zaros
  • Marilda Oliveira
  • Oiced Mocam
  • Paulo Luiz  
  • Paulo Rosas 
  • Rafael Rocha
  • Sergio M. Rangel

© 2017   Criado por Ivo S. G. Reis.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço