Irreligiosos

Se você não sabe, aceita e não questiona, embota-se e acaba virando crente.

       Existe claro, a questão da "vida" após a morte, do castigo ou da recompensa. Todos vivem como se o tempo nunca fosse acabar. Ninguém se dá conta da verdade de que um dia vai morrer, jovem ou velho, por doença ou até subitamente. Ninguém sabe qual será o momento. O ser humano é atormentado por uma ideia trágica: a finitude da vida e a questão da salvação. Crentes e ateus (menos) preocupam-se igualmente com a morte e o que há depois dela, o algo ou o nada.

     O ser humano é o único animal que tem memória da dor e o único que sabe que vai morrer. Os animais irracionais, quando se recuperam de uma doença e se livram da dor, não guardam memória do sofrimento e também não sabem que um dia irão morrer, pois eles não têm consciência, apenas instintos. Sem ter certeza do que há depois desta vida, o homem se martiriza com a ideia da salvação, ou não. Nisso reside todo o alicerce da religião

"Eu nunca vi a menor prova científica das ideias religiosas de céu e inferno, da vida futura para os indivíduos, ou de um Deus pessoal."
                     Thomas Edison (1911)                               

 

Não há céu ou inferno depois de uma única só vida. Não faz sentido que um Deus – ou qualquer outra força reguladora que contenha o conteúdo desse nome – nos jogue aqui na Terra e nos faça néscio ou sábio, faminto ou regalado, oprimido ou poderoso, saudável ou doente, desde o nosso nascimento, tornando-nos assim tão facilmente condenados ou premiados, saudáveis ou enfermos. Mesmo com todos os esclarecimentos, conhecimentos e descobertas da ciência muitos ainda acreditam ser “salvos” por pedaços de “hóstias” ingeridas.

O que nos espera além deste mundo material?

 Para onde segue a suposta“alma” depois que termina sua jornada na Terra? Essa, é talvez, uma grande indagação do ser humano, em todas as épocas e em todas as culturas desde os primórdios da civilização.

Vejamos como as religiões e filosofias mundiais definem o céu e o que aguarda ali os fiéis “recompensados” por sua devoção.

 No Espiritismo - a vida após a morte: a alma passa por sucessivas encarnações até atingir a perfeição. O destino da alma vaga entre os vivos até voltar em um novo corpo. Ela retorna quantas vezes for necessário para, por meio de boas ações, atingir o estágio superior. Pode renascer em outros planetas. A reencarnação é a idéia segundo a qual os espíritos (energia) em seu processo evolutivo vivem muitas vidas, em diferentes corpos, assumindo portanto distintas personalidades. Quanto a comunicação com os mortos podem contatar os espíritos, mas alguns desenvolvem melhor essa habilidade como os Médiuns -  o que está no meio -. A necromancia, a comunicação com os mortos, é um dos hábitos mais antigos que existem.

          O líder bíblico do cristianismo , Moisés “falou” diretamente com Deus e recebeu os Dez Mandamentos. Para os sociólogos da religião, o fenômeno foi o que chamamos de mediunidade.      

O que a Alma não é,

A mente pode ser explicada sem que se insiram referências a Deus.

Ninguém sabe o que precede o nascimento ou o que vem depois da morte.

Tudo o que podemos estudar é aqui e agora.

A mente está situada no cérebro e não em Deus e não há indícios de que haja alguma coisa no cérebro além de um conjunto de atividades químicas e elétricas.

Se modificarmos o cérebro a mente muda ao mesmo tempo.

Nenhuma parte nossa é espiritual.

As emoções superiores nada mais são do que a predominância de certos neurotransmissores como a serotonina e dopamina.

O corpo, por ser o centro de toda a atividade química, cria a mente.

É difícil acreditar que uma pessoa sobreviva à morte. Ninguém pode provar que isso acontecerá. Nossas lembranças e hábitos estão ligados à estrutura do cérebro. O cérebro, como estrutura, decompõe-se com a morte, e é de esperar-se, por conseguinte, que a memória também se dissolva. Não há razão para se pensar de outro modo, assim como não há razão para que se espere que um rio continue em seu antigo curso depois que um terremoto ergueu uma montanha no lugar em que antes  costumava haver um vale. Todos nós sabemos que a memória pode ser extinta por um ferimento no cérebro, que uma pessoa virtuosa pode tornar-se depravada devido à encefalite letárgica e que uma criança inteligente pode transformar-se em idiota devido à falta de iôdo. Diante de fatos assim familiares, parece pouquíssimo provável que o espírito sobreviva à destruição total da estrutura do cérebro, que ocorre com a morte.

        Não são argumentos racionais, mas emoções, que fazem com que se creia numa vida futura. A mais importante dessas emoções é o medo da morte, que é instintiva e biologicamente útil para alguns. Se acreditássemos seriamente, do fundo de nosso coração, na vida futura, deixaríamos completamente de temer a morte. Deus e a imortalidade, são dogmas centrais da religião cristã, que não encontram apoio na ciência. O medo e a angustia da morte, a aceitação do sobrenatural, do sagrado, do divino, constitui a base do dogma religioso, bem como de muitas outras coisas na vida humana. As pessoas que acreditam que, ao morrer, herdarão a salvação e o paraíso (se forem comportados), esperam encarar mais facilmente o pavor da morte. Podemos negar a vida após a morte e reencarnação, tendo em vista não haver prova ou raciocínio dedutivo que a prove. No campo psicológico, parece mais provável que as pessoas consigam melhorar acreditando em algo em vez de acreditando em nada, por mais inverídico que seja esse algo.

É bom lembrar, que não haveria igrejas e templos se a humanidade não tivesse temido a morte, a Escatologia,  o Apocalipse, dia do juízo final, o clima, o escuro, o eclipse, as pragas, a peste e todas as outras coisas hoje facilmente explicáveis.

    As religiões afirmam que, caso se comporte da forma como elas recomendam a partir da forma como elas entendem o que seria a palavra de Deus, o homem conquistará a salvação da alma. Portanto, as religiões precisam de duas premissas:

a) de que exista vida espiritual depois da morte;

b) de que existe um Deus encarregado de nos salvar. Algumas seguem por outro caminho, ao dizerem que o espírito evoluirá até à perfeição e não haverá condenação de ninguém ao fogo do inferno. Essa doutrina é conhecida como soteriologia, a salvação da alma por meio de um outro, ou seja: Deus.

Lembre-se somente de uma coisa: você é um ser mortal. A morte é uma ilusão (embora a morte seja a única certeza na vida). Se você não está apegado a nada, a morte pode vir neste exato momento e você estará em atitude de boas-vindas. Livre-se do apego da morte.  E estará  absolutamente pronto para ir. Faça a sua escolha. Os ateus e agnósticos já fizeram.

 Sêneca dizia que o homem vive preocupado em viver muito e não em viver bem, quando não depende dele viver muito, mas viver bem.

 “Só quem aceita a morte e está pronto para morrer pode sentir o verdadeiro sabor da vida”.

O filósofo Epicuro chamou de tolice e aflição com a espera da morte, pois enquanto vivemos, ela não existe, e quando ela chega, nós não existiremos mais. Segundo Epicuro, os maiores obstáculos para a felicidade humana são o temor da morte e o medo da ira divina, mas eles podem ser eliminados graças ao conhecimento da natureza.

Depois da morte, você vai ser como era antes de nascer”

“Vivemos apenas no tempo e no espaço e que todo o imaterial é falso e inútil.”

 

Shopenhauer

       “Para aprender a viver bem, é preciso aprender a morrer bem”

 

http://livrodeusexiste.blogspot.com.br/2012/05/vida-antes-ou-depois...

http://livrodeusexiste.blogspot.com.br/2010/05/capitulo-29-vida-alm...

Saudações Irreligiosas

Oiced Mocam

Exibições: 191

Tags: RVP, espiritismo, reencarnação, vida após a morte

Comentar

Você precisa ser um membro de Irreligiosos para adicionar comentários!

Entrar em Irreligiosos

Comentário de Oiced Mocam em 11 janeiro 2013 às 21:38

Imagine o Céu!

O céu é completamente imaginário, assim como Deus e Jesus!

Se você conversar com um cristão sobre o céu, você pode entender claramente que a noção de céu e vida eterna é imaginário. A Torá, o nosso texto religioso mais importante, é surpreendentemente silencioso. Em nenhum lugar se discuti a vida após a morte em detalhes. A Torá se concentra em "Olam Ha Zé", que significa "deste mundo".  Embora em nenhum lugar do Antigo Testamento é o céu descrito como uma recompensa para pessoas boas.

Mas, a Bíblia no NT afirma que “muitos são chamados, mas poucos escolhidos.”(Mt. 20:16). “E todo o que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou filhos, ou terras, por amor do meu nome, receberá cem vezes tanto, e herdará a vida eterna”. (cf. Mt. 19:29).

Cada conversa  sobre o lugar que Você vai chegar inferno (lugar de agonia) onde não haverá paz; ou céu da felicidade eterna.  Esse negócio da fé e salvação (inventada por Paulo), justiça final, paraíso de felicidade definitiva vai ser diferente. Mas uma conversa típica poderia ser algo como isto:

Crente: Jesus transcende a morte e promete a vida eterna a todos os que acreditam nele! Levante o seu coração para o Senhor Jesus Cristo, e ele vai lhe dar a vida eterna!

Oiced: Como ele vai fazer isso?

Crente: Você já leu o livro chamado "Ninguém será deixado para trás?".

Oiced: Não.

Crente: Você deve!  Eles já venderam mais milhões de cópias do livro, porque é a verdade!  Ele descreve exatamente o que vai acontecer.Um dia, o Senhor Jesus chama em sua casa as crianças e os adultos que tiveram fé nele, e eles são levados diretos para o céu!  Isso é exatamente o que é descrito na Bíblia.

Oiced: As pessoas desaparecem completamente?

Crente: Sim.  Tudo o que é deixado para trás é suas roupas, suas jóias e seus aparelhos auditivos!  Os crentes são transportados diretamente para o céu!

Oiced: Seus corpos nus são transportados para o céu?

Crente: Sim! “E toda a carne verá a salvação de Deus”. (Lucas 3:6)

Oiced: Há sete bilhões de pessoas no planeta.  Cada um deles pesa cerca de 70 quilos ou mais. Você está me dizendo que Deus levanta  bilhões de quilos de carne humana para fora do planeta em um instante?

Crente: Absolutamente não!  Somente os crentes são transportados!

Oiced: OK, um bilhão de quilos?

Crente: Sim!

Oiced: E onde é que este bilhão de quilos de carne vai?

Crente: Para o céu!

Oiced: para o céu ... onde é isso?

Crente: É uma outra dimensão, é claro! Deus vive no céu!

Oiced: Como todos os corpos chegam a esta "outra dimensão" chamado "céu"? Será que eles flutuam para o céu e, em seguida, viajam através do vácuo do espaço?

Crente: Não, bobagem!  Eles são desmaterializados e depois se rematerializam no céu!

Oiced: Então você está dizendo que um bilhão de quilos de carne humana nua estão de alguma forma "desmaterializados" fora do nosso universo, e então eles "rematerializam" em "outra dimensão" chamado "céu?"  E o processo de "desmaterialização" de alguma forma distingue entre carne humana natural e as coisas não naturais como roupas e aparelhos auditivos?

Crente: Sim!

Oiced: Então ...E se a pessoa tem válvulas cardíacas artificiais, um par de stents e duas articulações do quadril de titânio?  São as arrancadas de seu corpo e deixadas para trás com suas jóias?

Crente: Sim!

Oiced: E o que acontece com essa pessoa pobre, cujo coração entra em colapso e cujas pernas estão agora debatendo em separado em torno da sua pélvis?

Crente: O livro realmente não fala sobre isso ...Eu imagino que Deus irá corrigi-los!

Oiced: E o que dizer de todas as pessoas cujos corpos são liquidados com câncer e AIDS e amputados?

Crente: Deus corrige todos eles também!

Oiced: E o que dizer de todos os decrépitos de 90 anos de idade, corpos?

Crente: Deus dá-lhes novos corpos, jovens, belos!

Oiced: E o que dizer de todas as pessoas cujos corpos morreram carbonizados e decompostos?

Crente: Deus dá-los jovens, novos, belos corpos também!

Oiced: Então por que se preocupar transportar os corpos dos crentes para o céu?  Porque não é só dar a todos um corpo novo, jovem bonito e deixar seus corpos velhos na terra?

Crente: A Bíblia diz que seu corpo é transportado para o céu! Esta é a vontade de Deus!

Oiced: "Céu" OK, então o céu está cheio de pessoas cujos corpos ou cadáveres foram "desmaterializados" da terra, e depois "rematerializados". E depois os corpos desmaterializados / rematerializados são descartados, e são substituídos por novos corpos, jovens, sarados, alguns siliconados, belos corpos?

Crente: Sim!  Agora você entende o poder do Senhor Jesus Cristo!

Oiced: O que acontece a seguir?

Crente: Os crentes vivem todos no céu em harmonia, paz e alegria para toda a eternidade!

Oiced: O que é o céu?

Crente: Nós começamos a reunir-se com todos os nossos amigos mortos e familiares! Onde podemos encontrar com os nossos antepassados ​​pela primeira vez!

Oiced: Sério?

Crente: Absolutamente!

Oiced: E as pessoas como John Lennon, Moacir J. Sclyar, Dercy Gonçalves, Hebe Camargo, Clodovil, Airton Senna?

Crente: Todo mundo está lá!  Você pode falar com todos em toda a história! Além disso, você começa a conhecer Deus e Jesus. Eu não posso esperar para conhecer Jesus!

Oiced: Isso parece divertido. O que mais?

Crente: Bem, as ruas são pavimentadas em ouro! É o que diz a Bíblia!  E todo mundo tem uma casa grande! E você pode comer o que quiser e não engordar! ! E realmente, só você fazer qualquer coisa que te faz feliz! Todo mundo está sempre feliz!

E assim por diante.

Depois de ouvir uma conversa como essa, deve ser óbvio para todos nós: o céu é imaginário.É tudo completamente imaginário!

Basta falar com os cristãos sobre o céu. Peça-lhes para descrever como é o céu, e como eles vão chegar lá. Você será capaz de sentir o absurdo dessa noção de duas maneiras diferentes:

  • Não é o absurdo direto como no diálogo acima, onde a criação de inteiramente novas e completamente imaginárias "dimensões" e "processos de materialização" diz tudo o que você precisa saber sobre como as coisas delirantes podem começar.
  • Há também o absurdo que vem quando você comparar pontos de vista quaisquer de      duas pessoas diferentes sobre o céu. Fabricação e imaginação de todos do céu é diferente.  Para      alguns as portas de São Pedro com as chaves, envolve harpas e nuvens.  Para outros o corpo real é transportada magicamente para o céu, como descrito em livros.  Para outros, sua "alma" flutua para fora do corpo e toma caminho para São Pedro. E assim por diante. As pessoas fazem qualquer coisa que eles gostam, porque o céu é um lugar completamente imaginário.

O céu é um conto de fadas inventado pela imaginação humana.  E conto de fadas de cada pessoa são diferentes.

Imaginamos que temos "almas", fabricar o conceito de "vida eterna" e, em seguida, fantasiar um lugar chamado "céu", completo, com ruas de ouro, livre de calorias de alimentos, virgens brincando e tudo o mais que pode vir.  Cristãos imaginam tão vividamente e repetem a fantasia tantas vezes que eles realmente acreditam que ele seja realidade.

Quão bizarro se pode obter de fantasias? Vamos retroceder a história e voar para o Cairo e dar uma olhada na Grande Pirâmide. Não é a própria pirâmide - ainda um dos maiores monumentos arquitetônicos feitos pelo homem na terra.Além disso, há todo o processo de mumificação, os barcos desmontados, a arte sagrada e assim por diante. Tudo isso foi projetado para ajudar o faraó a alcançar a vida após a morte. Nós olhamos para ele agora e todos nós sabemos, com certeza absoluta, que foi um desperdício completo e total de tempo. A noção egípcia (ver, Mitologia Egípcia) de vida após a morte era uma completa fantasia. Em contraste com o "Livro dos Mortos", a Torá centra-se na importância de viver uma boa vida aqui e agora.

A noção cristã de vida após a morte é uma fantasia, exatamente da mesma maneira. O céu é completamente imaginário, assim como Deus e Jesus.

Nota:

“Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também”. (João 14:1-3).
 
Obs: Aqui Jesus nos confirma que há muitas moradas no céu, e que podemos crer nele cegamente.

«Bem-aventurados os ignorantes porque deles é o reino do Céu».

Saudações Irreligiosas

Oiced Mocam

Mais humor, em:

http://livrodeusexiste.blogspot.com.br/2010/12/por-que-nao-quero-ir...

Comentário de Oiced Mocam em 28 dezembro 2012 às 20:23

VIDA APÓS A MORTE-REENCARNAÇÃO-RESSURREIÇÃO-ESPIRITISMO...

Existe vida após a morte? Esta pergunta tem sido feita desde a aurora da civilização. É possivelmente a pergunta mais importante e pessoal que alguém pode fazer à luz da consciência de sua própria mortalidade. A imortalidade é um assunto complexo vinculado a várias outras questões filosóficas que precisam ser analisadas. Um pré-requisito fundamental à abordagem da questão da imortalidade é colocar o problema dentro do contexto adequado.

Há três “veículos” para a sobrevivência da personalidade após a morte do corpo que serão considerados: a mente desencarnada, o corpo astral e a ressurreição.

Fonte com estudo completo sobre o assunto:

http://ateus.net/artigos/critica/o-caso-contra-a-imortalidade/

Eu acredito na vida antes da morte!

Oiced Mocam

Sobre

Badge

Carregando...

Leia Isto!

Traduzir para/Translate to:


Visualizações

Se esta é a sua 1ª visita ou se passou por aqui, mas não quis comentar nem publicar nada, assine o nosso livro de visitas!

 

Irreligiosos.ning.com website reputation

Recados Rápidos

 

 

Links Indicados

Sites da Rede DDD: . . . . . . .Logo Rede DDD Acessar links dos sites Baú do Inexplicado Outros:
visit Skeptic.com

Sociedade Racionalista



ComunidadeO Outro Lado das ReligiõesBULE VOADORInternet Infidels Visitar o Observatório
Acessar

GeraLinks

Badges do Irreligiosos

Nosso badge no seu blog:

Link o Irreligiosos


(Clique aqui para saber como!)


Enquete Jesus Cristo


Sua opinião sobre Jesus Cristo:
Acesse o post de apoio;

----------------
Acesse a nossa página PESQ para responder à enquete.

 


Notícias Cristãs

Atençao: As notícias aqui divulgadas não são nossas recomendações e são veiculadas apenas para informar os últimos acontecimentos e eventos do cristianismo.

(Se a exibição falhar, não é culpa nossa e sim do Widget. Não se preocupem, elas voltam depois)


Get Your News Widget

Grupos

Principais Colaboradores

Abaixo, destacamos (em ordem alfabética) a 4ª lista dos nossos agora "12 Mais (tivemos de mudar de 10 para 12, por maior justiça):"

  • Alfredo Bernacchi
  • Assis Utsch
  • Divina J. Scarpim
  • Gilberto Vieira
  • Jorge O. Almeida
  • Luísa L.
  • Márcia Zaros
  • Marilda Oliveira
  • Oiced Mocam
  • Paulo Rosas 
  • Paulo Luiz 
  • Sergio M. Rangel
  • T. P. Sigurd

 

© 2014   Criado por Ivo S. G. Reis.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço