Irreligiosos

Se você não sabe, aceita e não questiona, embota-se e acaba virando crente.

VIVER SEM RELIGIÃO

William Pereira da Silva


É possível viver sem ter uma religião? Acredito que sim.

A palavra religião segundo a enciclopédia Livre da internet, a Wikipèdia, vem do latim: "religio" usado na Vulgata, que significa "prestar culto a uma divindade", "ligar novamente", ou simplesmente "religar". Pode ser definida como um conjunto de crenças relacionadas com aquilo que a humanidade considera como sobrenatural, divino, sagrado e transcendental, bem como o conjunto de rituais e códigos morais que derivam dessas crenças. Ainda de acordo com a WIKIPÈDIA o conceito de religião é muito amplo e envolve diversos fatores vejamos como ela conceitua as religiões:

"Dentro do que se define como religião pode-se encontrar muitas crenças e filosofias diferentes. As diversas religiões do mundo são de fato muito diferentes entre si. Porém ainda assim é possível estabelecer uma característica em comum entre todas elas. É fato que toda religião possui um sistema de crenças no sobrenatural, geralmente envolvendo divindades ou deuses. As religiões costumam também possuir relatos sobre a origem do Universo, da Terra e do Homem, e o que acontece após a morte. A maior parte crê na vida após a morte.

A religião não é apenas um fenômeno individual, mas também um fenômeno social. A igreja, o povo escolhido (o povo judeu), o partido comunista, são exemplos de doutrinas que exigem não só uma fé individual, mas também adesão a um certo grupo social. Atentem, por exemplo, às perseguições do Partido Comunista Chinês à seita Falun Gong. O Partido Comunista Chinês entende que a religião não seja necessária a sociedade chinesa."

No meu entender a religião apenas pretende disciplinar as pessoas de como elas devem viver de acordo com as normas de cada uma delas. Religião é disciplina. Algumas ensinam o amor, fraternidade, caridade, benevolância, compaixão. Tudo isso não passa de leis que devem ser obedecidas em função de um Deus ou de concepções cósmicas, caso contrario serão castigados, inclusive algumas são tão cruéis que aqueles desobedientes as suas normas, passarão simplesmente a eternidade no fogo do inferno, imaginem, temos apenas um ínfimo de tempo de vida em relação a eternidade, no máximo cento e trinta anos, raciocinem se passarmos estes anos pecando, fazendo as mais horriveis atrocidades contra a humanidade, é justiça ser condenado a uma eternidade de sofrimento?

Para se viver sem religião basta apenas obedecer as leis humanas e da natureza, isso já nos reprime ao máximo, todos que desobedecem essas leis codificadas em livros pagam caro com prisões, multas, penalidades, em relação a natureza temos terremotos, maremotos, erupções de vulcões, tempestades, secas, geadas, pestes, pandemias, todo tipo reações dos movimentos existente na terra que nos obrigam a nos proteger.

No filme, 1492 A CONQUISTA DO PARAÍSO, a Odisséia de Colombo, os índios depois de escravizados, torturados, índias estrupados, um deles diz: - Eu acreditei no seu Deus e vejam o que fizeram conosco. Tornaram os índios trapos humanos e para isso utilizaram a crença de um Deus e da sua religião. Outras vez perguntaram a um índio da America Latina o que ele achava do que era DEUS, a resposta foi magnífica no meu ponto de vista; - Deus é aquilo que não entendo, um vazio que existe em mim, o imcompreensível. Assim também é como sinto DEUS, não aquele de religiões, humanizados, mas aquilo, algo inatingível, inconpreensivel. O cosmo é incomensurável, estamos numa galáxia com bilhões de estrêlas, planetas. No cosmo existem bilhões de galáxias, raciocinem... Imaginem... Os cientistas estão impressionados com a imensidão cósmica, então o que somo nós, a terra? Esse Deus pequenino que comanda os seres humanos na cauda de uma galaxia com cem mil anos luz? Por que este Deus escolheu este ínfimo planeta para condenar seus seres a uma vida de sofrimento? Somos imperceptivel ao universo, ele não precisa de nós, caso não existisse a terra não alteraria em nada sua evolução, sua existência, um dia a terra será destruída, coisa de bilhões de anos ou então pode ser até amanhã, quem sabe? Lembre-se que a ciência teoriza que a terra passou milhões de anos sem seres humanos nela, é como a existência humana fôsse apenas um segundo na história da terra e ela ainda poderá existir mais bilhões de anos. Existiremos no futuro?

A religião eu compreendo ser uma forma de ter poder sobre outras pessoas, direcioná-las para um estilo de vida e para isso criaram os Deuses ou Deus como querem uns juntamente com suas igrejas, templos, rituais, doutrinas, dogmas.

O que precisamos mesmo é de uma educação desde criancinha em tempo integral, o dia todo na escola ou em outras instiutições, com atividades de conhecimentos das ciência em meio período e noutros atividades de artes, esportes em geral, culturas diversas, Integração com comunidade, pais e mestres. A escola seria o principal ponto de disciplina, do conhecimento das leis, de obediência as normas gerais, horários, mestres, aprender a respeitar aos pais, a experiência, as pessoas idosas, respeitar a Pátria, amar sua terra, estudar todas as religiões e não somente uma religião, procurar entendê-las, com surgiram, a quem interessa cada uma delas. Aprender a caçar, pescar, plantar, ser treinado a lutar. Caso tudo isso acontecesse pergunto, pra que religião? E qual o motivo dos governos não investirem neste tipo de educação ? Dizem ser caro. Caro é a ignorância, a marginalidade, a violência, a hipocrisia, a corrupção. Religião é mais barato para os governos. Dá poder, dinheiro, riquezas, patrimônios, a quem a professa.

"Elementar, meu caro Watson". Podemos sermos todos chineses.

Exibições: 36

Comentar

Você precisa ser um membro de Irreligiosos para adicionar comentários!

Entrar em Irreligiosos

Comentário de Gilberto Vieira de Sousa em 2 novembro 2009 às 19:56
Não acontecerá uma reforma não religiosa, pois se você tirar a religião das pessoas, elas terão a necessidade de preencher o espaço vazio com algo. Esse algo possivelmente será o estudo. o estudo traz conhecimento, conhecimento traz dúvidas, dúvidas trazem questionamento e nenhum governante quer ser questionado.
Enquanto o povo freqüenta suas doutrinas e estão preocupadas com o diabo e com sua própria salvação divina, os governantes senten-se livres para fazerem o que bem entendem.
Se por acaso chamarem a atenção por algum projeto mais polemico, basta investir um pouco mais nas campanhas dos próximos capítulos da novela ou no próximo grande jogo de futebol que o povo esquece, assiste a novela, assiste ao futebol e depois vai pacificamente para a igreja.
O grande acordo com as igrejas é o seguinte: Você ganha seu rico dinheirinho, livre de impostos e segura seu rebanho para que ele não me questione.
Abraços
Comentário de Ivo S. G. Reis em 31 outubro 2009 às 23:08
William, o que você viu e propôs é o que é racional e lógico. Ninguém precisa de uma religião para se sentir feliz ou seguir bons preceitos morais. A religião é absolutamente dispensável porque chega a ser nociva. Mas as religiões sempre andaram de braços dados com a política, eis que ambas se ajudam na dominação mental, física, econômica e política das pessoas. Somos todos dominados e controlados por essas instituições, exceto os que se libertaram sozinhos.

Se pararmos para refletir e analisar os fatos históricos veremos que as grandes religiões estão sempre ao lado do poder político dominante, haja visto a ICAR e Hitler na Segunda Guerra Mundial. E não era àtoa também que os espanhois quando invadiam ou colonizavam algum país já iam com os religiosos (padres, jesuitas, missionários, etc) a tiracolo, para fazer a catequese dos conquistados. As religiões são tão hipócritas que se prestam a esse papel. Os donos do podere os senhores das guerras sabem disso.

Por isso, a sugestão que você deu, embora possível, jamais será implantada genericamente porque não existe interesse político nisso. É assim que funciona. Portanto, QUEM QUISER QUE SE LIBERTTE SOZINHO e faça a sua revoluçãozinha religiosa particular.

Claríssima e inteligente a sua visão. Mas infelizmente, quase uma utopia, não por impossibilidade, mas por falta de vontade política.

Sobre

Badge

Carregando...

Leia Isto!

Traduzir para/Translate to:


Visualizações

contador de visitas online

Se esta é a sua 1ª visita ou se passou por aqui, mas não quis comentar nem publicar nada, assine o nosso livro de visitas!

Irreligiosos.ning.com website reputation

Recados Rápidos

 

 

Links Indicados

Sites da Rede DDD: . . . . . . .Logo Rede DDD Acessar links dos sites Baú do Inexplicado Outros:
visit Skeptic.com

Sociedade Racionalista

ComunidadeO Outro Lado das ReligiõesBULE VOADORInternet Infidels Visitar o Observatório

GeraLinks

Badges do Irreligiosos

Nosso badge no seu blog:

Link o Irreligiosos


(Clique aqui para saber como!)


Enquete Jesus Cristo


Sua opinião sobre Jesus Cristo:
Acesse o post de apoio;

----------------
Acesse a nossa página PESQ para responder à enquete.

 


Notícias Cristãs

Atenção: As notícias aqui divulgadas não são nossas recomendações e são veiculadas apenas para informar os últimos acontecimentos e eventos do cristianismo.

(Se a exibição falhar, não é culpa nossa e sim do Widget. Não se preocupem, elas voltam depois)

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias

Grupos

Principais Colaboradores

Abaixo, destacamos (em ordem alfabética) a 4ª lista dos nossos  mais eminentes e constantes colaboradores:

  • Alfredo Bernacchi
  • Assis Utsch
  • Carlos Dosivan
  • Divina J. Scarpim
  • Erijosé Oliveira
  • Gilberto Vieira
  • Jorge O. Almeida
  • Luísa L.
  • Márcia Zaros
  • Marilda Oliveira
  • Oiced Mocam
  • Paulo Luiz  
  • Paulo Rosas 
  • Rafael Rocha
  • Sergio M. Rangel

© 2018   Criado por Ivo S. G. Reis.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço